Festival Andanças começa segunda-feira mais perto de Espanha

Cerca de mil artistas participam em Castelo de Vide na 18.ª edição do evento dedicado à música e às danças populares

O Andanças vai começar a sua 18.ª edição
Foto
O Andanças vai começar a sua 18.ª edição PAULO RICCA/ARQUIVO

Cerca de mil artistas vão participar na 18.ª edição do festival Andanças, que espera acolher mais de 20 mil pessoas a partir de segunda-feira, no concelho alentejano de Castelo de Vide.

O festival é promovido pela Associação para a Promoção da Música e Dança PédeXumbo, com o apoio da Câmara de Castelo de Vide, e decorre até dia 25 na zona da albufeira de Póvoa e Meadas naquele concelho do norte alentejano. Propõe-se "uma multiplicidade de atividades ligadas à música e à dança, que permita ao participante escolher aquilo que mais lhe interessa”, como explicou à agência Lusa a coordenadora do Andanças, Ana Martins.

O festival, que permaneceu 15 anos em São Pedro do Sul (Viseu) e um ano em Celorico da Beira (Guarda), realiza-se este ano no Alentejo, junto à fronteira com Espanha, o que leva a organização a “piscar o olho” ao público do país vizinho. “O festival é internacional, acolhe músicas e danças de todo o mundo e sempre tivemos muito público espanhol e de outros países. Com a realização junto a Espanha, acreditamos que vamos conquistar muito público do país vizinho”, disse Ana Martins.

O Andanças, que vai decorrer numa área de cerca de 25 hectares, dedica-se a promover a música e as danças populares e conta com o apoio logístico de mais de 600 voluntários. Com vários palcos e espaços criativos, no Andanças vão decorrer concertos, oficinas de dança e workshops centrados nas danças tradicionais portuguesas, street dance, capoeira, forró, hip-hop, danças egípcias, havaianas, tradicionais de Cabo Verde, salsa cubana ou sapateado, entre outras.

Peças de teatro, cinema, sessões de improviso e visitas ao Museu de Póvoa e Meadas e ao Menir da Meada, o maior da Península Ibérica, são outras das atividades em carteira. Criado em 1996, o evento reúne pessoas de todo o país e de vários pontos do mundo.
 

Sugerir correcção