Nova vaga de atentados no Iraque faz dezenas de mortos

Ataques ocorreram durante os festejos do fim do Ramadão.

Dezenas de viaturas armadilhadas explodiram quase ao mesmo tempo
Foto
Dezenas de viaturas armadilhadas explodiram quase ao mesmo tempo REUTERS/Stringer

Dezenas de pessoas morreram este sábado numa nova série de atentados no Iraque. A Reuters refere 80 mortos, a AFP e a BBC apontam para entre 50 a 60 as vítimas mortas da explosão quase simultânea de uma quinzena de carros armadilhados.

Mais de 200 pessoas ficaram feridas nestes atentados, a maioria dos quais ocorreu em Bagdad, numa altura em que o país, tal como o resto do mundo muçulmano, festeja o fim do mês do Ramadão.

Na capital iraquiana registaram-se explosões em oitos zonas diferentes da cidade, tanto em bairros xiitas como sunitas, em locais como mercados, cafés e restaurantes. Ocorreram também explosões em Touz Khourmatou (norte) e Nassirya (sul).

No dia 6 de Agosto, uma outra vaga de atentados com viaturas armadilhadas provocou 31 mortos em Bagdad. E o mês do Ramadão foi particularmente sangrento no Iraque, com mais de 800 pessoas mortas em atentados.

A maioria dos ataques tem sido levada a cabo por grupos militantes de sunitas radicais que visam zonas e populações xiitas. O país é governado pelo primeiro-ministro xiita Nouri al-Maliki, cada vez mais contestado tanto pela minoria sunita, como por outras facções xiitas.