A importante visita do Presidente do Panamá

Foto

A visita do Presidente Ricardo Martinelli é de uma grande importância para Portugal, tanto do posto de vista empresarial como diplomático. O Panamá é, nos últimos 10 anos, um dos países que mais têm crescido economicamente no Mundo. Além de apresentar uma economia pujante, este país da América Central está a ampliar o canal que liga o oceano Pacífico ao Atlântico. Neste momento, 6% do comércio mundial já passa pelo Canal do Panamá. Com a ampliação, esse número vai, naturalmente, aumentar.

É, pois, importante - e decisivo para Portugal - juntar a estratégia logística do Canal do Panamá ao Porto de Sines, na costa portuguesa. Portugal ganha muito se as autoridades panamianas e portuguesas encontrarem estratégias comuns. Este será um dos temas da visita. Também as empresas portuguesas têm de conhecer melhor as oportunidades de negócios no Panamá.

O IPDAL - Instituto para a Promoção e Desenvolvimento da América Latina - já incluiu este país nas suas missões empresariais. Os empresários que nos acompanharam ficaram muito surpreendidos com as possibilidades deste mercado. O Panamá não vale só pelos seus 3 milhões de habitantes. O Panamá vale muito por ser um hub entre a América do Sul com a América do Norte e com as Caraíbas. É também uma porta de oportunidades para vários mercados asiáticos. Vender para o Panamá é vender para várias zonas do globo em expansão. É por isso que o encontro empresarial, que o IPDAL ajuda a organizar, entre empresários portugueses e o Presidente do Panamá, será uma grande oportunidade para as empresas exportadoras portuguesas conhecerem este mercado.

O Panamá, tal como a maioria dos países da América Latina - uma região de forte e sustentado crescimento económico -, oferece grandes oportunidades às empresas portuguesas: empresas de construção, energia, produtos alimentares e bebidas, maquinaria, turismo, ensino, moldes, etc. É por isso que o IPDAL insiste no seu trabalho, que é dar a conhecer às empresas portuguesas as oportunidades de negócio na América Latina, através dos seus fóruns e missões empresariais. Por fim, e não menos importante, o destaque diplomático desta viagem do Presidente do Panamá.

Portugal tem vindo a fortalecer os seus laços económicos e diplomáticos com os países latino- americanos. Durante muitos anos, a América Latina era para Portugal apenas o Brasil (um grande país irmão). Mas a América Latina é muito mais. Felizmente que a nossa diplomacia está atenta. O Presidente de Portugal, nos últimos meses, visitou a Colômbia, o Peru, o Chile. O primeiro-ministro também já visitou, no último ano, vários países latino-americanos. Além disso fazemos parte da Comunidade Ibero-Latino-Americana, que deve ser um vértice da nossa diplomacia.

Presidente do IPDAL