Fotogaleria
David Karp, fundador do Tumblr Reuters
Fotogaleria
Julia Roy/Flickr

O Tumblr passaria dados à NSA? “É uma pergunta complicada”

Com o Yahoo envolvido no programa de espionagem revelado por Edward Snowden, o fundador do Tumblr não foi capaz de tranquilizar completamente os seus utilizadores

David Karp foi ao programa de televisão do comediante Stephen Colbert responder a uma pergunta séria: se a Agência de Segurança Nacional norte-americana (NSA) quiser, terá acesso a dados ou metadados guardados nos servidores do Tumblr? “Essa é uma pergunta complicada”, disse o fundador e presidente executivo daquela rede social.

O Tumblr foi comprado em Maio pelo Yahoo, uma das grandes empresas envolvidas no programa de espionagem revelado por Edward Snowden (PRISM) no início de Junho, cerca de duas semanas depois de o negócio de 1100 milhões de dólares ter sido anunciado. Na altura, os utilizadores do Tumblr recearam pela mudança na identidade da rede que a compra por um gigante da Internet poderia implicar. Depois, o problema da privacidade passou a ser mais premente.

“Não queremos dar nada que não seja no melhor interesse dos nossos utilizadores. Lutamos por isso há seis anos”, afirmou David Karp, no The Colbert Report” que foi para o ar nesta terça-feira, nos Estados Unidos. Colbert tratou o assunto com humor, o que não obrigou Karp a uma resposta demasiado comprometida nesta curta entrevista de cerca de seis minutos.

Tumblr permite "semianonimato" 

Colbert encerrou a conversa fazendo-se passar por alguém da NSA. Pediu a Karp que lhe dissesse o que ele próprio, Colbert, publica no Tumblr. “Nunca. Eu não sei como te encontrar”, argumentou o empresário de 27 anos. O "Techcrunch" escreve que “esse é, de facto, um bom ponto. O Tumblr permite o semianonimato”, uma vez que o registo apenas requer um email.

 Mas continuará assim? Será que o Yahoo não vai impor um outro modelo de registo, para melhor direccionar publicidade aos utilizadores do Tumblr? Afinal, esse continua a ser o grande desafio desta rede social, lançada em Fevereiro de 2007 e que tem, hoje, quase 125 milhões de blogues. David Karp admitiu-o nesta mesma entrevista. “Tenho muito a provar. Temos de fazer isto ser lucrativo, esse será um marco consideravelmente grande”, disse.

Aqui, entra a questão do conteúdo para adultos que grassa pelo Tumblr — que Colbert designou por “centro de pornografia” – e que pode afastar eventuais anunciantes, que não querem ver as marcas associadas a esse tipo de conteúdo.

“Vamos falar sobre o elefante na sala. E deixa-me traçar um retrato do elefante: está deitado de costas e tem as pernas abertas. [O Tumblr] É um centro de pornografia”, satirizou Stephen Colbert. “Tem de tudo! Tem muito mais do que isso”, contrapôs Karp. Pelo que, acrescentou, a pornografia está no Tumblr para ficar: “Temos tido uma posição muito dura no que diz respeito à liberdade de expressão, apoiando a criação dos nossos utilizadores, qualquer que seja o seu aspecto, e isso é algo que simplesmente não queremos policiar”.