Home: a solidão feita documentário

Esta é a história de Lilia Forero, mas podia ser a de tantas outras mulheres. Daquelas que lutam contra a solidão. Lilia nasceu na Colômbia, viveu em oito países, mas envelhece no Porto, sozinha, longe da família. Gostava de voltar à terra que a viu nascer, e que não visita há trinta anos, mas a decisão não é fácil. O marido está enterrado no Porto e os seus filhos trabalham na Europa. A realizadora Josephine Forero, 30 anos, filha da protagonista, decidiu contar esta história num documentário. As primeiras cenas foram gravadas nas últimas semanas no Porto. ?A estreia está prevista para Julho de 2015. Home, take 1.

Sugerir correcção