João Sousa regressa ao “top-100” do circuito mundial de ténis

Foto
MARTIN BUREAU/AFP

O tenista português João Sousa, que perdeu domingo a final do “challenger” de San Benedetto, reentrou nesta segunda-feira no “top-100” do “ranking” mundial, estando a três lugares dos 90 melhores do mundo.

O topo da classificação continuou inalterada, com o sérvio Novak Djokovic a manter o comando confortável na tabela, com mais 2950 pontos que o britânico Andy Murray.

Entre os portugueses, os dois melhores do circuito subiram, mas João Sousa deu o salto mais mediático, ficando a sete lugares da melhor classificação de sempre (86.º), alcançada em Março deste ano.

Gastão Elias foi “promovido” em duas posições, mas encontra-se ainda distante do grupo dos 100 melhores do mundo, surgindo esta semana no lugar número 124.

No circuito feminino, Michelle de Brito, que na semana passada tinha voltado ao “top-100”, perdeu 14 posições e desceu ao lugar 112 do WTA, que continua a ser comandado pela norte-americana Serena Williams.

Maria João Koehler, que perdeu o estatuto de número um portuguesa para Michelle de Brito, subiu uma posição, surgindo na classificação desta semana no 117.º lugar.