Cinco homens assaltam herdade em Évora e levam dinheiro e cortiça

Assaltantes amarraram trabalhadores da herdade e ameaçaram-nos com uma arma.

Foto
GNR diz que os cinco homens actuaram de cara destapada Nelson Garrido/Arquivo

Cinco homens assaltaram uma herdade perto de Évora, tendo roubado dinheiro, cortiça e uma arma de caça, depois de amarrarem dois trabalhadores da exploração agrícola, revelou fonte da GNR.

A mesma fonte adiantou que o assalto ocorreu por volta das 19h30 de terça-feira, numa herdade localizada perto da aldeia de Torre de Coelheiros, envolvendo um grupo de cinco homens, que actuaram de cara destapada.

“O vaqueiro foi manietado e amarrado a uma cadeira dentro da habitação da herdade e ameaçado com uma arma tipo pistola para que entregasse todo o dinheiro que tinha”, referiu a GNR. Perante as ameaças, a vítima acabou por entregar “800 euros em dinheiro e uma arma de caça”.

A mesma fonte disse que, pouco depois, ainda na herdade, os assaltantes “manietaram um outro homem, que tinha como responsabilidade guardar uma pilha de cortiça”, e roubaram “500 arrobas (7500 quilos) de cortiça”.

O grupo de assaltantes fugiu numa “viatura tipo furgão, de cor branca”, realçou a fonte.

Quanto às vítimas, dois homens de 65 e 47 anos, conseguiram libertar-se já durante a madrugada desta quarta-feira e pediram ajuda na aldeia.

A Polícia Judiciária está a investigar o caso.