Dívidas ao fisco dos maiores devedores ultrapassam os 11.279 milhões de euros

A maioria dos grandes devedores são empresas e 18% têm dívidas em mais do que um distrito.

Grandes empresas são os maiores devedores do fisco
Foto
Grandes empresas são os maiores devedores do fisco Miguel Madeira

A maioria dos grandes devedores do fisco são grandes empresas e, no final do ano passado, deviam ao Estado 11.279 milhões de euros, o equivalente a 62% do total da dívida em carteira.

O relatório de combate à fraude e evasão fiscal de 2012 é apresentado, nesta terça-feira, no Parlamento pelo secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Paulo Núncio. De acordo com o documento, dos 11.399 grandes devedores identificados pela Autoridade Tributária (AT), 63% são pessoas colectivas (empresas) e 18% têm dívidas em mais do que um distrito. Lisboa e Porto somam 54% do total nacional.

Estes devedores estão a ser acompanhados pela Unidade dos Grandes Contribuintes. Segundo a Lusa, o total da dívida ao fisco é de 18.105 milhões de euros  e a dívida dos grandes devedores representava 84% da dívida suspensa, aquela que foi contestada pelos contribuintes.Ainda assim, os maiores devedores representaram apenas 6% do total dos processos de execução fiscal em 2012.

A AT recuperou dívidas no valor de 1.218 milhões de euros o ano passado e o IVA, o Imposto de Valor Acrescentado foi o que mais contribuiu para essa recuperação (395,4 milhões de euros), seguido do IRS (327 milhões).

Fisco chama contribuintes
A AT chamou mais de 163.200 contribuintes para justificarem a declaração de IRA relativa a 2012. De acordo com a edição desta terça-feira do Diário Económico, os números estão em linha com os do ano passado. A secretaria de Estado dos Assuntos Fiscais quer verificar se os valores declarados coincidem com os que foram reportados pelos contribuintes.

O fisco enviou notificações a 5% dos contribuintes que entregaram as declarações de rendimentos na primeira fase (trabalhadores por conta de outrem e pensionistas), adianta o jornal.