Incêndio em prédio de escritórios fez um morto em S. Mamede de Infesta

Um bombeiro ficou ferido sem gravidade ao arrombar a porta da fracção onde foi encontrada a vítima mortal.

Um homem morreu e um bombeiro sofreu ferimentos superficiais no combate a um incêndio que deflagrou na manhã desta sexta-feira num prédio de escritórios do centro da cidade de S. Mamede de Infesta, concelho de Matosinhos.

Fonte dos Bombeiros Voluntários de S. Mamede de Infesta declarou ao PÚBLICO que o alerta foi dado às 6h20. O fogo deflagrou no 1.º dos oito pisos de um prédio de escritórios da Avenida do Conde, que foi evacuado por completo, por mera precaução.

"Quando arrombámos a porta da casa do 1.º andar, deparámos com uma vítima, do sexo masculino, já sem vida", referiu a mesma fonte. Foi precisamente a arrombar a porta que um dos elementos dos Bombeiros Voluntários de S. Mamede de Infesta sofreu ferimentos "sem relevância".

As chamas acabaram por destruir por completo a fracção do 1.º andar que tinha sido cedida à vítima mortal, um homem de 52 anos que estava desempregado, para que ali residisse a título provisório, em regime de comodato. O corpo foi transportado para o Instituto de Medicina Legal. As operações de combate ao fogo e de rescaldo foram dadas por concluídas perto das 9h, altura em que os bombeiros permitiram a entrada dos ocupantes do prédio.

Os Bombeiros Voluntários de S. Mamede de Infesta acorreram ao local com 11 homens, duas ambulâncias e um veículo de combate a incêndios. O INEM também esteve presente, com uma viatura médica de emergência e reanimação, assim como a Polícia de Segurança Pública.