Casa das Artes Paulo Pimenta
Foto
Casa das Artes Paulo Pimenta

Casa das Artes reabre no Outono com um centro cultural

O edifício desenhado pelo arquitecto Eduardo Souto de Moura vai acolher uma biblioteca de artes e um dos auditórios será cedido ao Cineclube do Porto para exibição de filmes

A Casa das Artes, no Porto, deverá reabrir ao público como um centro cultural em Outubro ou Novembro, depois de feitas as obras finais de reabilitação do edifício, anunciou o secretário de Estado da Cultura. Na comissão parlamentar de Educação, Ciência e Cultura, Jorge Barreto Xavier, afirmou que está garantido o financiamento para realizar, no Verão, as obras de reabilitação no edifício e reabrir a Casa das Artes no Outono.

A Casa das Artes, que está encerrada há sete anos, reúne um palacete, um jardim e um edifício desenhado pelo arquitecto Eduardo Souto de Moura e, de acordo com o antecessor de Barreto Xavier, vai acolher uma biblioteca de artes e um dos auditórios será cedido ao Cineclube do Porto para exibição de filmes.

O novo pólo de actividades culturais vai ser gerido pela Direção Regional de Cultura do Norte, em conjunto com a Direção-geral das Artes. Na comissão parlamentar, marcada por um dura troca de palavras entre a deputada Gabriela Canavilhas (PS) e Jorge Barreto Xavier, o secretário de Estado da Cultura foi ainda questionado pelos deputados sobre o estatuto dos bailarinos, sobre a actual situação do Teatro Nacional de São Carlos, sobre a regulamentação da lei do cinema, entre outros assuntos.

Cinema nos bairros de Lisboa

Sobre a regulamentação que falta ainda aprovar da nova lei do cinema, o responsável disse que o documento está pronto e aguarda o restante processo legislativo. Ainda na área do cinema, fez um balanço positivo do programa “Cinema português em movimento”, que leva filmes portugueses a localidades fora dos centros urbanos, e revelou que pretende criar uma iniciativa semelhante nos bairros sociais de Lisboa.

Barreto Xavier afirmou também que conta apresentar em Setembro uma proposta legislativa sobre a carreira profissional dos bailarinos, considerada de desgaste rápido, e referiu que a ideia de criação de uma escola de dança, com profissionais em final de carreira, não foi abandonada.

O secretário de Estado explicou que ainda não foi encontrada a melhor fórmula de concretizar essa escola e que, juntamente com o Ministério da Educação, já foram visitados alguns espaços para a escola.

Barreto Xavier disse ainda que em Setembro deverá ser apresentada também uma proposta de regulação da profissão tauromáquica e que está em finalização uma norma do regulamento do espectáculo tauromáquico, que minore “o sofrimento dos animais”. Sobre o Teatro Nacional de São Carlos, afirmou que a nomeação do novo director artístico será resolvida até ao final de Julho, uma vez que Martin André termina o mandato este mês.

Sugerir correcção