Audi vence 24 horas de Le Mans, Pedro Lamy abandonou

Foi a quarta vitória consecutiva e a 12.ª no total para a equipa alemã.

Foto
Stéphane Mahe/Reuters

O Audi R18 do dinamarquês Tom Kristensen, do escocês Allan McNish e do francês Loïc Duval venceu este domingo as 24 Horas de Le Mans, corrida marcada pela morte de Allan Simonsen e na qual o português Pedro Lamy abandonou.

Na 81.ª edição da histórica prova de resistência automóvel, a Audi alcançou a sua 12.ª vitória, quarta consecutiva, enquanto Kristensen subiu ao topo do pódio pela nona vez, desde 1997, dedicando o triunfo ao compatriota Simonsen, que morreu no sábado, aos 34 anos, na sequência de um violento acidente com o seu Aston Martin na terceira volta.

Kristensen, recordista de vitórias, cruzou a linha com uma volta de avanço sobre Toyota híbrido número 8 do trio Buemi-Davidson-Sarrazin (348 voltas contra 347), no final de uma corrida com vários períodos de chuva e em que o “safety-car” entrou 11 vezes, mantendo a corrida neutralizada cerca de seis horas no total.

Também com 347 voltas, o Audi R18 pilotado por Gené, Di Grassi e Jarvis terminou na terceira posição na principal categoria, P1.

Entre os portugueses, Pedro Lamy, que pilotou o Aston Martin Vantage número 98 juntamente com Paul Dalla Lana e Bill Auberlain, foi obrigado a abandonar, com o motor partido, quando seguia na sétima posição da categoria GTE Pro, depois de a família de Simonsen ter pedido para a equipa manter os carros em pista, apesar do trágico acidente.

“A equipa estava um pouco confusa. Ninguém acreditava no que tinha acontecido. Não é fácil perder um colega de equipa. Conhecia bem o Allan, pois tinha sido meu companheiro de equipa este ano nas 24 Horas de Nurburgring.Depois do que aconteceu, a desistência é o que menos importa este fim-de-semana”, referiu Pedro Lamy.

Rui Águas, fazendo equipa com Potolicchio e Bright num Ferrari 458 Italia, terminou em 38.º, com 294 voltas, e em nono na categoria GTE Am, enquanto Manuel Rodrigues, com Macneil e Dumas, no Chevrolet Corvette C6 ZR1, ficou em 42.º, décimo na mesma categoria, com 268.