Allan Simonsen morre na sequência de acidente em Le Mans

Piloto dinamarquês, ao volante de um Aston Martin, embateu com violência na barreiras de protecção e não resistiu aos ferimentos.

Foto
Alain Jocard/AFP

É mais uma página negra na história das 24 Horas de Le Mans. Allan Simonsen morreu este sábado, na sequência do ferimentos provocados por um despiste na quarta volta que fazia ao circuito. É a 22.ª vítima mortal na história da mítica prova de resistência.

O Aston Martin Vantage GTE, com o número 95, que o piloto dinamarquês conduzia, sofreu uma saída violenta de pista na curva de Tertre Rouge e embateu nas barreiras de protecção.

Simonsen foi assistido pelos médicos no local e levado de imediato para a clínica do circuito, onde acabaria por morrer pouco depois devido à gravidade dos ferimentos. 

Aos 34 anos, o dinamarquês corria pela sétima vez as 24 Horas de Le Mans, partilhando o volante com os compatriotas Christoffer Nygaard e Kristian Poulsen.

O último acidente mortal ocorrera em 1997, mais precisamente a 3 de Maio, vitimando o francês Sébastien Enjolras, que perdeu o controlo do Peugeot que dirigia quando a parte traseira do carro se soltou.