Vanda Noronha
Foto
Vanda Noronha

Fábrica Music Fest: um festival com responsabilidade social

O festival vai também dedicar um espaço a trabalhos de arte urbana, da autoria de Zana, Boardbrothers, entre outros

A segunda edição do Fábrica Music Fest arranca a 27 de Julho, no cais das Faluas, no Montijo, ao mesmo tempo que as festas populares da cidade. O festival tem um cariz de responsabilidade social e cultural muito forte e já conta com mais de 20 bandas confirmadas.

João Diogo Martins da “A Fábrica – Produções Culturais”, produtora do evento, afirma que a iniciativa surgiu “devido ao gosto pela cultura e pela música e pela vontade de oferecer a melhor proposta cultural” naquela zona do país.

“Queremos ser impulsionadores da cultura, criar hábitos, que hoje em dia são cada vez mais complicados de as pessoas terem”, justifica o próprio ao P3.

PÚBLICO -
Foto
Trêsporcento Vanda Noronha

O primeiro dia do festival conta com a participação dos Ciclo Preparatório, um grupo coral pop português, dos Trêsporcento, um quinteto lisboeta que segue a linha do “indie pop rock”, e dos Fitacola, que festejam 10 anos de carreira.

PÚBLICO -
Foto
Anarchicks Vanda Noronha

No dia 28 de Junho, é a vez dos Moe’s Implosion, Bem Ambergen, Earth Drive, Quelle Dead Gazelle e Stockpile Crocodile subirem ao palco.

No dia seguinte, pode ver-se Karetus apresentar uma diversidade musical influenciada pelos estilos “electro”, “hip-hop” e “rock”, Capitão Fausto “levar a casa a arder com ‘Gazela’” e Anarchicks “semear discórdia e inquietar os ouvidos da multidão”.

30 de Junho terá em palco Dengaz & Ahya Band, Big Badda Boom e Rastafire Sound. Por fim, dia 1 de Julho, o festival encerra com Supa Dust Man, Spitfyah Sound, Killa Kops Sound e Chapa Dux. Além destes nomes, estão ainda confirmados os Dj’s RideDJ Overude, Slimcutz, Xcuzme e Mello Rich, e Funkerwell.

O festival vai também dedicar um espaço a trabalhos de arte urbana, da autoria de Zana, Boardbrothers e Hugo Lucas, entre outros. O passe para os cinco dias custa 17,50 euros e os bilhetes diários variam entre os 4 euros e os 7 euros.