Desemprego em França no nível mais elevado dos últimos 15 anos

No primeiro trimestre o desemprego atingiu os 10,4%.

"A França e os seus aliados mantêm-se vigilantes para prevenir o recurso às armas químicas", alertou Hollande
Foto
"A França e os seus aliados mantêm-se vigilantes para prevenir o recurso às armas químicas", alertou Hollande Bertrand Langois/AFP

A taxa de desemprego em França atingiu os 10,4 % no primeiro trimestre de 2012, um aumento de 0,3% face no trimestre anterior. Os dados oficiais divulgados nesta quinta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística francês mostram que se trata da taxa mais alta desde 1998.

A 30 de Maio, o Ministério do Trabalho francês tinha indicado que o número de pessoas desempregadas na segunda economia europeia atingia os 3,26 milhões.

O desemprego está em alta em França desde meados de 2011. De acordo com as últimas previsões do Instituto Nacional de Estatística francês, o desemprego deverá atingir 10,6% da população activa do país em meados do ano.

Na semana passada, o presidente François Hollande manteve o seu objectivo de conseguir uma inversão do desemprego antes do final do ano, mas a OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico) espera um agravamento até ao final do ano e em 2014.

O Fundo Monetário Internacional (FMI), citado pelo jornal Le Monde, disse na passada terça-feira, que seria “difícil” inverter a trajectória até ao final do ano.

Os dados do desemprego foram apenas parcialmente divulgados,  devido a problemas técnicos já assumidos pelo INE francês.