Sporting suspende relações institucionais com FC Porto

Em causa recusa de vice-presidente portista cumprimentar presidente do Sporting na Taça de Portugal de andebol e troca de palavras que se seguiu.

Bruno de Carvalho
Foto
Bruno de Carvalho Bruno Simões Castanheira

O Sporting anunciou nesta quarta-feira que suspendeu “todas as relações institucionais” com o FC Porto, na sequência dos “graves acontecimentos ocorridos” no domingo, na final da Taça de Portugal de Andebol, em Tavira.

“Face aos graves acontecimentos ocorridos, que se traduziram num total desrespeito pela instituição Sporting e após ter decorrido o tempo suficiente para que os dirigentes do FC Porto se demarcassem e retratassem da inqualificável conduta do seu representante, vem a direcção do Sporting comunicar que suspende todas as relações institucionais com o FC Porto até que fique claro o seu efectivo respeito pela nossa instituição e sua efectiva vontade de estabelecer relações normais e de respeito pela instituição Sporting”, pode ler-se no comunicado divulgado no sítio oficial dos “leões” na Internet.

A direcção do clube lisboeta recorda os “momentos que antecederam a final da Taça de Portugal”, no Pavilhão de Tavira, onde “os responsáveis da organização promoveram um encontro institucional de apresentação de cumprimentos entre os membros das direcções do Sporting, representado pelo seu presidente Bruno de Carvalho e do FC Porto, pelo vice-presidente Adelino Caldeira”.

“Naquele encontro, quando o presidente do Sporting, no âmbito institucional e por normais princípios de urbanidade se preparava para cumprimentar o representante máximo da delegação adversária, este assumiu uma conduta inqualificável de total desrespeito pela instituição Sporting, com cenas lamentáveis que de imediato mereceram o devido repúdio e uma resposta cabal por parte dos dirigentes do Sporting”, refere o clube “verde e branco”.

Na mesma mensagem, a direcção do clube “verde e branco” salienta ter “deixado bem claro que nunca seriam toleradas posições de subserviência relativamente a nada, nem a ninguém”.

“Foi igualmente reafirmado inúmeras vezes que todos aqueles que se relacionam ou queiram relacionar com o Sporting Clube de Portugal terão que o fazer numa base de entendimento, assente no respeito mútuo”, acrescenta o clube lisboeta.

No domingo, o Sporting conquistou a sua 14.ª Taça de Portugal de andebol masculino, ao derrotar o FC Porto, após prolongamento, por 30-28, na final disputada em Tavira.

Antes do jogo, conta o jornal O Jogo, Adelino Caldeira recusou cumprimentar Bruno de Carvalho, depois de o presidente do Sporting ter dito, dias antes, que o clube de Alvalade "não é dado a frutas". O episódio continuou ainda com uma troca de palavras entre os dois dirigentes.