Adrees Latif /Reuters
Foto
Adrees Latif /Reuters

O novo projecto da NASA é uma impressora de pizzas

A NASA está a desenvolver uma impressora 3D para comida, depois de anunciar a construção das impressoras 3D capazes de “imprimir” armas através de componentes de aspecto inócuo

A Agência Espacial norte-americana investiu 100 mil euros num projecto que utiliza impressoras 3D para produzir comida. A "Systems and Materials Reserach Corporation" é a empresa responsável pela construção da impressora.

O objectivo do projecto é conseguir, por exemplo, construir uma pizza através de três camadas de nutrientes, mais azeite e água. O software será depois responsável por aplicar receitas culinárias que, automaticamente, misturem os ingredientes necessários, todos eles em estado líquido ou em pó.

Em declarações ao diário espanhol “El País”, Anjan Contractor, um dos responsáveis da empresa, acredita que "o actual sistema alimentar não pode satisfazer suficientemente 12 mil milhões de pessoas. Temos que mudar a percepção do que vemos como alimentos".

As impressoras 3D ganharam recentemente uma imagem pouco positiva, devido a vídeos que demonstravam como era possível construir armas através de componentes de aspecto inócuo. Anjan Contractor afirmou, ao mesmo diário espanhol, que essa imagem não deve desviar as atenções do imenso potencial que estes dispositivos podem ter, no que diz respeito, por exemplo, à longevidade dos alimentos.

"As viagens espaciais requerem alimentos com 15 anos de duração. Nós estamos a trabalhar com proteínas, macro e micro nutrientes em pó que mantém as suas propriedades durante, pelo menos, 30 anos", revelou o próprio. A equipa que está a desenvovler o projecto já provou que o sistema funciona num nível básico de impressão de chocolate. A NASA espera que a impressora esteja pronta em seis meses.