Alemanha prepara programa de crédito a pequenas e médias empresas de Portugal

Na Alemanha, com a conclusão dos estudos, muitos jovens inscreveram-se em Julho nos centros de emprego
Foto
Banca alemã poderá apoiar empresas portuguesas Hannibal Hanschke/Reuters (Arquivo)

O Governo alemão está a preparar um programa de crédito especial destinado às pequenas e médias empresas de Portugal e Espanha e possivelmente Grécia, segundo a próxima edição da revista alemã Der Spiegel.

Na semana passada, o ministro das Finanças alemão, Wolfgang Schäuble, já tinha referido que o banco de fomento estatal alemão KfW estava a estudar a possibilidade de conceder linhas de crédito ou participar no capital das pequenas e médias empresas (PME) portuguesas.

De acordo com a Der Spiegel, o KfW poderá conceder créditos a bancos similares de Portugal e Espanha e também, possivelmente, da Grécia, sob a condição de que estas instituições façam chegar esses fundos às pequenas e médias empresas, afectadas por falta de liquidez.

Segundo a revista alemã, o Governo de Angela Merkel está preocupado com a degradação da sua imagem nos países do Sul, que são clientes de produtos alemães, e esta seria uma forma de injectar cerca de dez mil milhões de euros nas economias europeias em crise.

A avançarem, estes empréstimos – concedidos a valores mais baixos do que os praticados nos mercados financeiros privados – precisam da aprovação dos deputados da Câmara Baixa do Bundestag (parlamento alemão).

Na sequência de um encontro, na quarta-feira passada, em Berlim, com Wolfgang Schäuble, para discutir a aplicação do programa de ajustamento português, o ministro das Finanças português, Vítor Gaspar, já tinha referido que o KfW estaria “disponível para explorar a possibilidade de estender linhas de crédito a Portugal ou participar no capital das PME de formas intermediadas indirectamente por instituições portuguesas”.