Faro ganha dois táxis adaptados a deficientes motores

Concelho é o primeiro no Algarve a dispor deste tipo de transporte público, segundo a autarquia.

Foto
Deficientes motores enfrentam dificuldades na hora de se deslocarem de transportes públicos Luis Efigénio/Arquivo

A Câmara de Faro atribuiu duas licenças para táxis adaptados a pessoas com mobilidade reduzida, fazendo deste concelho o primeiro no Algarve a dispor deste tipo de transporte.

Os táxis começam a circular nesta quinta-feira, segundo uma escala definida pela autarquia, de forma a garantir o serviço permanente na cidade e na ligação ao aeroporto, anunciou a câmara em comunicado.

“Com esta iniciativa da autarquia de Faro torna-se no primeiro concelho do Algarve a ter uma resposta de transporte em táxi para pessoas com mobilidade reduzida”, sublinha o município.

Segundo a mesma nota, as duas licenças atribuídas a dois operadores privados resultam de um concurso público lançado pela autarquia. Antes disso, o município liderado por Macário Correia tinha questionado os titulares de licenças de táxi sobre o interesse em adaptarem os seus veículos a estes clientes. No entanto, ninguém se mostrou interessado.

“As duas licenças atribuídas para táxis adaptados inserem-se fora do contingente fixado para o concelho de Faro, dentro do regime de estacionamento condicionado, e foram concedidas à Auto Faro e à Táxis Pinheiro & Delmira”, informa a câmara.

Esta medida vem “colmatar a carência de transporte público para pessoas com necessidades de mobilidade”, facilitando também a deslocação de turistas a partir do aeroporto internacional de Faro, salienta.