José Lello diz que os portugueses querem ver-se livres de Passos “morto ou vivo”

Deputado socialista comenta no Twitter declarações do pai do primeiro-ministro.

Foto
José Lello diz que os portugueses “estão desesperados” por se verem livres de Passos Coelho Marco Maurício / Arquivo

“O pai de Passos diz que ‘filho está morto por se ver livre disto’. Os portugueses estão desesperados por se verem livres dele. Morto ou vivo.” Contactado pelo PÚBLICO, José Lello confirmou que a conta do Twitter é sua e considera que a frase não é demasiado forte: “Se o pai diz que ele [Passos] está morto, devem perguntar é ao pai”, afirmou.

António Passos Coelho, pai do actual primeiro-ministro, diz nesta quarta-feira ao jornal i que não encarou bem a entrada do filho no mundo da política e que o alertou para as dificuldades. Agora, ao fim de dois anos de legislatura, o pai de Pedro Passos Coelho assegura que o filho “está morto por se ver livre disto” e que vão “fazer uma festa” quando sair do Governo.

Em declarações ao jornal i, António Passos Coelho reconhece que “temos de viver em austeridade, não há volta a dar”, e que “toda a gente acha que isto está mau”. “Nunca gostámos que ele fosse para onde foi, porque a ideia cá em casa, na família, é que isto não tem conserto. Há muitos anos, não é de agora.”