Sidious Sid/Flickr
Foto
Sidious Sid/Flickr

Restaurantes baixam preços para apoiarem causas sociais

A iniciativa abrange mais de 70 restaurante e decorre entre os dias 16 e 26 deste mês. Os restaurantes aderentes vão disponibilizar refeições a 20 euros

Mais de 70 restaurantes lisboetas oferecem a partir de quinta-feira menus de autor a preços reduzidos, em mais uma edição da Lisboa Restaurant Week, que pretende promover a dieta mediterrânica e apoiar causas sociais. A iniciativa, que chega a Lisboa na nona edição, decorre entre os dias 16 e 26 deste mês, com os restaurantes aderentes a disponibilizarem refeições a 20 euros.

Por cada menu vendido, um euro reverte para a Abraço, que procura promover a qualidade de vida da pessoa infectada e contribuir para a erradicação do VIH/SIDA, e para o Movimento Mulheres de Vermelho, que tem como missão prevenir as doenças cardiovasculares nas mulheres.

Nesta edição, surge uma novidade: um menu de bebidas a cinco euros, em que o cliente pode escolher duas bebidas entre cinco disponíveis.

A organização oferece, por cada menu, 0,25 euros às duas instituições. “Este ano temos introduzido várias novidades à iniciativa Restaurant Week. Em Março, organizámos pela primeira vez uma edição a nível nacional, o Portugal Restaurant Week. Agora, na primeira edição regional de 2013, apresentamos um menu de bebidas e uma nova forma de reservas. Queremos que o conceito cada vez mais se adapte e responda às constantes necessidades dos nossos consumidores”, referiu Débora Santos Silva, da organização.

As reservas passam a ser feitas exclusivamente através do Guia BestTables, no sítio da iniciativa na Internet da ou através de um número de telefone fixo, que irá funcionar entre as 10h30 e as 22h30 até dia 26. O objectivo, explica a organização, é que o cliente “faça a reserva em segundos, e no caso de a opção pretendida já não estar disponível, serão apresentadas alternativas”. À semelhança de edições anteriores, a iniciativa pretende “promover estilos de vida saudáveis, incentivando os chefs a praticarem uma cozinha inspirada na dieta mediterrânica”.