kitato
Foto
kitato

Optimus Primavera Sound: vamos de boleia?

Em Espanha desde 2009, a Amovens é uma plataforma online gratuita para partilha de carros. Já há parcerias com eventos de cá: entre os quais, o Optimus Primavera Sound

Ricardo está à procura de passageiros para o acompanhar na viagem entre Ferreira do Alentejo e o Porto para o Optimus Primavera Sound (19 euros por lugar). Já Rita busca um condutor para ir de Lisboa até ao Porto. Onde? Na Amovens, uma plataforma gratuita para partilha de carros que chega agora a Portugal, depois de uma experiência bem sucedida em Espanha: já chegaram às 500 viagens publicadas por dia. Objectivo: poupar dinheiro e poupar o ambiente, com o bónus de conhecer pessoas.

A pouco e pouco, o conceito de "carpooling" [boleia partilhada] tem entrado no país. A Amovens põe em contacto os condutores e passageiros que fazem o mesmo trajecto para que partilhem o carro e, consequentemente, os gastos. Basta aceder ao site, preencher o formulário de registo ou conectar-se via Facebook e dizer ao que se vem e para onde se vai. O processo é gratuito, seja um passageiro à procura de carro ou um condutor à procura de companhia. O preço da viagem é definido por quem publica o anúncio (com a preciosa ajuda de uma calculadora que estima o custo) — os interessados são livres de aceitar ou recusar o montante.

Fundada em 2009 por Diego Hidalgo, a Amovens quer "facilitar a vida das pessoas", conta, por e-mail, Isabel Freyre, do departamento de comunicação e marketing da empresa, para quem este género de serviços são particularmente importantes em "tempos de crise". "Ajuda as pessoas a poupar no seu dia-a-dia e a preservarem o meio-ambiente." Reduzir as emissões de dióxido de carbono é, aliás, um dos propósitos mais defendidos por esta "start-up". A questão: se, em vez de um ocupante, os carros se deslocassem com quatro, quantos congestionamentos seriam evitados? Quanto dinheiro seria poupado? Já para não falar da poluição.

PÚBLICO -
Foto
A equipa Amovens DR

Oportunidade para conhecer pessoas

"Qualquer deslocação pode ser uma boa oportunidade para partilhar boleias e conhecer pessoas", considera Isabel, falando da "missão" do projecto. E é seguro? "A Internet dá uma certa segurança", garante. "Todos os utilizadores têm foto, comentários de outros utlizadores com quem partilharam o carro e os e-mails confirmados."

A Amovens volta-se agora para Portugal por ver um país que "está a viver uma situação muito parecida" com a de Espanha, onde "cada vez há um maior interesse por iniciativas que ajudam a poupar". Sabendo que, por cá, já se organizam boleias, a empresa quer ser uma ferramenta mais profissional. A estratégia passa, primeiro, pela "consciencialização".

"Temos a certeza que quando experimentarem, vão querer repetir", afiança Isabel. Seguem-se parcerias com organizações locais interessadas em associar-se ao conceito — é o caso do Optimus Primavera Sound, em que já há condutores à procura de passageiros e vice-versa, e do Vodafone Paredes de Coura. Em Espanha, já contam com mais de 150 eventos.