O site é dirigido a jovens entre os 18 e os 30 anos e está disponível em dez línguas DR
Foto
O site é dirigido a jovens entre os 18 e os 30 anos e está disponível em dez línguas DR

Student Ranking: quanto vale o teu percurso académico?

Novo projecto internacional quer criar um ranking de estudantes, com base num sistema de pontuações. Online desde Março, o Student Ranking já tem mais de 1800 estudantes inscritos

É uma nova plataforma internacional, pensada por um alemão, e quer dar aos estudantes universitários e recém-formados a resposta a uma pergunta: “Quanto valem as minhas experiências pessoais e profissionais no mercado de trabalho?” Através de um ranking global, aqueles que decidirem registar-se podem competir entre si.

“Atribuímos pontos por cada experiência que os estudantes vão acumulando ao longo do seu percurso académico: notas, voluntariado, bolsas, associativismo. Cada actividade dá um conjunto de pontos, que melhoram o perfil”, explica Ricardo Guerreiro, responsável pelo Student Ranking em língua portuguesa. Se um estudante ou recém-graduado não fala línguas, por exemplo, a plataforma indica que, para se valorizar, deve investir nessa formação.

“Não importa onde a pessoa está. Desde que o perfil tenha actividades diversificadas [logo, vários pontos acumulados] pode competir com qualquer pessoa e ganhar visibilidade”, continua Ricardo, sublinhando que esta característica do ranking é importante por “retirar relevância à capacidade financeira” de cada um.

O Student Ranking é dirigido a pessoas entre os 18 e os 30 anos, para abranger estudantes de licenciatura, mestrado ou doutoramento. “O objectivo é pegar neste ranking e fazer a ligação com o mercado de trabalho”, aponta Ricardo. Às empresas é oferecida a possibilidade de fazerem um recrutamento especializado que pode responder a critérios como os melhores alunos de curso, as universidades melhor posicionadas, os alunos mais dotados socialmente, entre outros.

Desde o início de Março, o Student Ranking já conta com mais de 1800 pessoas inscritas, 200 das quais portuguesas. Após o registo, gratuito, os inscritos são convidados a preencherem todo o seu percurso académico e pessoal, ganhando pontos à medida que acrescentam novas experiências. Apesar de todas elas serem valorizadas, é ao desempenho académico que equivale uma maior pontuação. “Tens de ser bom no que fazes ou no que estás a estudar para passares valor às empresas”, justifica Ricardo, que trabalhou durante 12 anos na banca.

O site está disponível em dez línguas e em breve vai ser possível criar um currículo a partir do perfil do Student Ranking. A ideia é que, carregando num único botão, o site crie um ficheiro pronto a imprimir e enviar.