Manifestantes pedem a Hollande "políticas de esquerda"

Centenas de milhares de pessoas protestaram contra a austeridade na véspera do aniversário da eleição do Presidente.

Foto

O primeiro aniversário de François Hollande no poder em França foi assinalado com protestos nas ruas de Paris: centenas de milhares de pessoas manifestaram-se acusando Hollande de trair os ideais de esquerda, quando as sondagens mostram que é o Presidente menos popular da França moderna.

A marcha, na véspera do aniversário da vitória de Hollande sobre Sarkozy a 6 de Maio, foi promovida pela Frente de Esquerda e começou na Praça da Bastilha, ícone da Revolução Francesa. Segundo os organizadores, estiveram 180 mil pessoas na manifestação; o jornal Le Monde contabilizou 45 mil pessoas.

Com o desemprego a atingir recordes (3,224 milhões de desempregados) e a economia à beira da recessão, a esquerda à esquerda de Hollande tem pedido mudanças de política. Jean-Luc Mélenchon, o líder da Frente de Esquerda, discursou recusando “o mundo da finança no poder”.

O próprio Partido Socialista francês tentou recentemente pressionar Hollande a “fazer frente” à chanceler Angela Merkel e às suas políticas de austeridade, expondo uma fractura no eixo franco-alemão que contrasta com a anterior relação de trabalho entre Berlim e Paris com o duo Merkozy.

“Elegemos um Presidente de esquerda, queremos políticas de esquerda!”, gritaram alguns manifestantes. “Os franceses não querem austeridade”, cantaram outros.