Fabio Bucciarelli
Foto
Fabio Bucciarelli

Fabio Bucciarelli vence prémio de fotografia Robert Capa

Fotógrafo italiano recebe Medalha de Ouro Robert Capa pela coragem ao registar a batalha de Alepo. As suas imagens revelam "um sentimento palpável de urgência”

O fotógrafo freelancer Fabio Bucciarelli da agência AFP ganhou a prestigiada Medalha de Ouro Robert Capa por uma série de impressionantes fotografias da guerra civil na Síria. A série intitulada Batalha da Morte retrata os duros combates na cidade de Alepo durante o Outono de 2012.

O prémio norte-americano é dado “a reportagens fotográficas no estrangeiro que requeiram uma coragem e uma logística excepcionais” e é atribuído pelo Overseas Press Club of America.

O prémio homenageia Robert Capa, o fotógrafo norte-americano de origem húngara e um dos mais célebres fotógrafos de guerra e fundador da agência Magnum.

PÚBLICO -
Foto
Fabio Bucciarelli

Pôr os olhos do mundo na Síria

PÚBLICO -
Foto
Fabio Bucciarelli

As fotos, feitas durante a Batalha de Alepo, “colocam-nos ‘no momento’ e têm um sentimento palpável de urgência”, sublinhou o clube, que atribuiu o prémio esta semana. “Há uma consistência neste portfólio que ajuda o espectador a identificar-se com as pessoas e os perigos que correm”, lê-se no site do Overseas Press Club of America, que sublinha como a Síria tem sido um dos locais mais mortíferos para os jornalistas.

PÚBLICO -
Foto
Fabio Bucciarelli

O prémio vem juntar-se às várias distinções que a AFP tem recebido nas últimas semanas: a Síria valeu também a Javier Manzano o Pulitzer na categoria “magazine”. Bucciarelli já tinha ganho o segundo prémio da World Press Photo na categoria de notícia, com a mesma série de Alepo.

O fotógrafo italiano disse à AFP que estava muito contente com o prémio que “vai de novo atrair a atenção sobre o que se passa na Síria”. “E as pessoas não poderão dizer mais ‘eu não sei o que se passa lá’”.

Sugerir correcção