Nova nota de cinco euros começa a circular quinta-feira

Governador do Banco de Portugal apresenta nesta segunda-feira a primeira nota de euro da série Europa, que será introduzida gradualmente e ao longo de vários anos.

Fotogaleria
Presidente do BCE, Mario Draghi apresentou a nova nota em Janeiro DANIEL ROLAND/AFP
Fotogaleria
Fotogaleria
Fotogaleria

A nova nota de cinco euros entra, quinta-feira, em circulação dando início à nova série de notas de euro que será colocada no mercado de forma gradual e ao longo de vários anos. Carlos Costa, governador do Banco de Portugal (BdP) apresenta publicamenten esta segunda-feira, a nova nota, com segurança melhorada.

A série “Europa” é inspirada na figura da mitologia grega que deu origem ao nome do continente europeu e que passará a surgir no holograma e na marca de água. A imagem foi retirada de um vaso com mais de dois mil anos encontrado no Sul de Itália e que pertence à colecção do Museu do Louvre em Paris.

Mario Draghi, presidente do Banco Central Europeu (BCE), apresentou o desenho completo a 10 de Janeiro, no Museu Arqueológico de Frankfurt am Main, na Alemanha. Hoje, Carlos Costa inaugura uma exposição sobre a nova nota na antiga Igreja de São Julião, em Lisboa.

Esta é a segunda série de notas de euro e inclui “melhores elementos de segurança que levam em linha de conta os progressos alcançados na segurança e tecnologia”, refere o Banco de Portugal, em comunicado. Além disso, será mais duradoura, "o que significa que as notas serão substituídas com menor frequência”. Depois da de cinco euros, entrarão em circulação, e por esta ordem, as de dez, 20, 50, 100, 200 e 500 euros.

As notas da primeira e da segunda série vão circular em paralelo. O BdP adianta que a data em que as “da primeira série deixarão de ter curso legal será anunciada com bastante antecedência” e “manterão o seu valor, podendo ser trocadas nos bancos centrais nacionais do Eurosistema por um período de tempo ilimitado”. 

Para preparar a introdução das novas notas de cinco euros, o Banco de Portugal celebrou um protocolo com a Associação dos Cegos e Amblíopes de Portugal para formadores “darem a conhecer o euro aos associados”, lançou cursos de e-learning para bancos e colocou 32 formadores a cobrir “as necessidades de formação presencial em todo o território nacional”.

O euro entrou em circulação em 12 Estados-Membros da União Europeia a 1 de Janeiro de 2002 e faz parte do quotidiano de 332 milhões de cidadãos, residentes em 17 estados-membros.