A coragem excepcional do fotógrafo Fabio Bucciarelli

O italiano recebe prémio Robert Capa pela coragem a fotografar a batalha de Alepo. Veja aqui parte do portfólio

Fotogaleria
Um combatente do Exército Livre da Síria ocupa a sua posição durante os confrontos com as forças do Govenro no bairro Sulemain Halabi, a 10 de Outubro de 2012 Fabio Bucciarelli
Fotogaleria
Um rebelde ferido é transportado nas traseiras de uma camião Fabio Bucciarelli
Fotogaleria
Um sniper olha através de um buraco no bairro Karmal Jabal Fabio Bucciarelli
Fotogaleria
Fazer a barba no meio dos combates Fabio Bucciarelli
Fotogaleria
Um rebelde carrega a sua arma numa casa Fabio Bucciarelli
Fotogaleria
Posters do presidente sírio Bashar al-Assad numa rua do bairro Bab el-Adid Fabio Bucciarelli
Fotogaleria
Rebeldes disparam de uma cobertura de uma casa contra as forças de Assad Fabio Bucciarelli
Fotogaleria
Um rebelde carrega a sua Kalashnikov enquanto o seu companheiro dispara Fabio Bucciarelli
Fotogaleria
Um rebelde reflectido num espelho Fabio Bucciarelli
Fotogaleria
Um rapaz sírio recebe tratamento no hospital Fabio Bucciarelli
Fotogaleria
O fumo depois de um ataque pelas forças do regime no bairro de Shaar Fabio Bucciarelli
Fotogaleria
Um rebelde distribui balas aos seus companheiros no bairro de Karm al-Jaba Fabio Bucciarelli
Fotogaleria
Um jovem ferido é transportado entre outro feridos depois de um ataque das forças governamentais Fabio Bucciarelli
Fotogaleria
Civis sírios fogem apanhados pelos combates no centro histórico de Alepo Fabio Bucciarelli
Fotogaleria
Um rebelde atira uma granada artesanal contra as forças de Assad no bairro de Al-Amariya Fabio Bucciarelli
Fotogaleria
Homens sírios salvam um homem apanhado entre os escombros Fabio Bucciarelli
Fotogaleria
Uma mulher ferida é levada para uma zona mais segura Fabio Bucciarelli
Fotogaleria
Uma mulher atravessa a rua ao lado da fronteira, assinalada pelo pano negro, entre as zonas dos rebeldes e das forças de Assad Fabio Bucciarelli

O fotógrafo freelancer Fabio Bucciarelli da agência AFP ganhou a prestigiada Medalha de Ouro Robert Capa por uma série de impressionantes fotografias da guerra civil na Síria. A série intitulada Batalha da Morte retrata os duros combates na cidade de Alepo durante o Outono de 2012.

O prémio norte-americano é dado “a reportagens fotográficas no estrangeiro que requeiram uma coragem e uma logística excepcionais” e é atribuído pelo Overseas Press Club of America.

O prémio homenageia Robert Capa, o fotógrafo norte-americano de origem húngara e um dos mais célebres fotógrafos de guerra e fundador da agência Magnum.

As fotos, feitas durante a Batalha de Alepo, “colocam-nos ‘no momento’ e têm um sentimento palpável de urgência”, sublinhou o clube, que atribuiu o prémio esta semana. “Há uma consistência  neste portfólio que ajuda o espectador a identificar-se com as pessoas e os perigos que correm”, lê-se no site do Overseas Press Club of America, que sublinha como a Síria tem sido um dos locais mais mortíferos para os jornalista.

O prémio vem juntar-se às várias distinções que a AFP tem recebido nas últimas semanas: a Síria valeu também a Javier Manzano o Pulitzer na categoria “magazine”. Bucciarelli já tinha ganho o segundo prémio da World Press Photo na categoria de notícia, com a mesma série de Alepo.

O fotógrafo italiano disse à AFP que estava muito contente com o prémio que “vai de novo atrair a atenção sobre o que se passa na Síria”. “E as pessoas não poderão dizer mais ‘eu não sei o que se passa lá’”.