Palácios de São Bento e Belém fechados aos cidadãos no 25 de Abril

O Presidente da República e o primeiro-ministro decidiram não abrir ao público os jardins do Palácio de Belém e de São Bento no 25 de Abril.

Os jardins do Palácio de Belém vão estar fechados neste 25 de Abril
Foto
Os jardins do Palácio de Belém vão estar fechados neste 25 de Abril

Este ano, os cidadãos, ao contrário dos que aconteceu em anos anteriores, não vão poder apreciar as belezas dos jardins da residência oficial do primeiro-ministro, em São Bento, nem do palácio cor-de-rosa, que alberga a Presidência da República, em Belém no dia em que se comemora os 39 anos da revolução dos cravos.

Segundo o gabinete de imprensa do primeiro-ministro, citado pela Lusa, trabalhos de manutenção que estão a decorrer nos Jardins de São Bento impedem a abertura do espaço aos cidadãos.

Fonte da Presidência disse ao PÚBLICO que não é tradição o Palácio de Belém abrir ao público no 25 de Abril, como o faz no 5 de Outubro.

O espaço abriu as portas ao público em Abril de 2008, mas no ano seguinte esteve fechado. Em 2010 abriu por ser o ano do centenário da República. Em 2011, as comemorações do chamado dia da liberdade foram feitas em Belém porque a

Assembleia da República fora dissolvida há cerca de um mês e o palácio acabou por ser a alternativa mais lógica para o evento. Cavaco Silva foi o anfitrião e convidou os antigos chefes de Estado.

No ano passado, a Presidência da República decidiu abrir os jardins do palácio na tarde do 25 de Abril para fazer uma homenagem ao cante alentejano que estava a candidatar-se a Património Imaterial da Humanidade.

Este ano os portões estarão fechados em Belém mas, em alternativa, o Museu da Presidência vai abrir para visitas públicas o palácio da Cidadela de Cascais entre as 10h e as 12h30 e entre as 14h e as 18h.