Seguro com mais de 95% dos votos nas directas do PS

António José Seguro: “A TAP não é uma empresa qualquer”
Foto
António José Seguro disse que "é necessário que o Estado não abandone o interior" Rui Gaudêncio

António José Seguro conseguiu mais de 95% dos votos nas eleições directas do PS realizadas neste sábado.

Quando, depois da 1h deste domingo, estavam contados os votos de 643 das 700 secções de voto do PS, Seguro tinha 96,28% dos votos.

Seguro teve como único opositor o militante socialista Aires Pedro, candidatura que apenas concorreu em sete (três na federação de Lisboa, duas no Porto e duas na Guarda) das 700 secções do PS.

O actual secretário-geral socialista vai assim eleger a larga maioria dos 1825 delegados ao XIX Congresso Nacional do PS, que decorrerá entre 26 e 28 deste mês, em Santa Maria da Feira, e onde serão eleitos os órgãos dirigentes do partido.

Nas últimas eleições directas, em Julho de 2011, António José Seguro derrotou o ex-líder parlamentar socialista Francisco Assis, obtendo 23900 votos contra 11280, mais de dois terços dos votos.

O apuramento final das eleições directas do será feito na manhã deste domingo.
 

Sugerir correcção