Avião cai no mar em Bali mas sem vítimas mortais

Aparelho pertence à Lion Air, que está proibida de voar para a União Europeia e Estados Unidos.

Fotogaleria
AFP
Fotogaleria
Avião partiu-se em dois Reuters
Fotogaleria
Passageiros com ferimentos leves foram vistos a chegar ao hospital de Denpasar SONNY TUMBELAKA/AFP
Fotogaleria
AFP

O avião é um Boeing 737-800 e levava 108 pessoas a bordo. Imagens que começaram a circular na Internet mostram o avião semi-submerso, a cerca de 200 metros de uma das cabeceiras da pista do aeroporto internacional de Denpasar, com a fuselagem partida em dois, a seguir às asas.

O avião fazia um voo interno, proveniente de Bandung, na ilha de Java. Um versão inicial transmitida pelas autoridades de aviação civil da Indonésia indicava que o avião teria aterrado, não tendo porém conseguido parar no final da pista. Posteriormente, foi comunicado que o aparelho terá falhado a aterragem, caindo directamente no mar.<_o3a_p>

Todos os 101 passageiros e sete tripulantes que seguiam a bordo sobreviveram. Até ao final da manhã, não havia dados precisos sobre os feridos. Alguns passageiros com ferimentos leves foram vistos a chegar ao hospital de Denpasar. <_o3a_p>

A Lion Air é a primeira companhia aérea privada da Indonésia, um país com 17.500 ilhas. A empresa tem vivido um crescimento fulgurante, tendo comprado recentemente 234 aviões Airbus A320 e 230 aviões Boeing 737. <_o3a_p>

Mas os especialistas defendem que este crescimento é feito em detrimento da segurança. Entre 2004 e 2006, houve uma séria de seis acidentes, sem vítimas mortais. Em 2012, vários pilotos foram detidos, na posse de drogas. <_o3a_p>

A Lion Air está proibida de fazer voos para a União Europeia e para os Estados Unidos.<_o3a_p>