Margaret Thatcher, uma vida em frases

A ex-primeira-ministra britânica foi sempre polémica, revelando um espírito forte nas suas declarações. O que disse e o que disseram sobre ela.

Fotogaleria
Margaret Thatcher é uma figura política incontornável na segunda metade do século XX GABRIEL DUVAL/AFP
Fotogaleria
São raras as imagens de Margaret Thatcher fora do seu habitat político. Aqui já era líder do Partido Conservador
Fotogaleria
Foi eleita três vezes - 1979, 193 e 1987 - para primeira-ministra REUTERS
Fotogaleria
Num tempo em que a política era integralmente masculina, governo o país durante 11 anos JOHNNY EGGITT/AFP
Fotogaleria
LUKE MACGREGO/REUTERS
Fotogaleria
Em 1979, tornou-se a primeira mulher a chegar a primeira-ministra no Reino Unido AFP
Fotogaleria
A Dama de Ferro marcou profundamente a história política do Reino Unido AFP
Fotogaleria
Com veteranos das Falklands em 2007: a guerra com a Argentina, em 1982, pela posse da ilha marcou o seu mandato ALISTAIR GRANT/AFP
Fotogaleria
Com Mitterandem 1984: Thatcher temia que a França permitisse à Agentina comprar mísseis Exocet AFP
Fotogaleria
Thatcher admirava Reagan - aqui numa foto de 1987. Dele, dizia: "É o segundo homem mais importante da minha vida" MIKE SARGENT/AFP
Fotogaleria
No funeral de Reagan em 2004 STEPHEN JAFFE /AFP
Fotogaleria
Denis, a sua fiel sombra de Thatcher durante os anos do poder REUTERS
Fotogaleria
Numa cerimónia em homenagem ao seu marido, Denis Thatcher, que morreu em 2003 TOBY MELVILLE/REUTERS
Fotogaleria
A Rainha Isabel II na celebração dos 80 anos da Dama de Ferro, em 2005 KIERAN DOHERTY/REUTERS
Fotogaleria
Em Moscovo em 1987: a queda do Muro de Berlim, dois anos mais tarde, reforçaria a necessidade da construção europeia, matéria que dividiu os conservadores britânicos DANIEL JANIN/AFP
Fotogaleria
SHAUN CURRY/AFP
Fotogaleria
Thacther reuniu-se com Deng Xiaoping em 1982, na China, para discutir a passagem de Hong Kong para a administração chinesa REUTERS
Fotogaleria
Com o Presidente norte-americano George Bush, em 1989, já no final do mandato da Dama de Ferro LUKE FRAZZA/AFP
Fotogaleria
Depois de deixar o cargo, Thatcher dedicou-se aos livros e conferências: na foto, no Japão em 1993 TORU YAMANAKA/AFP
Fotogaleria
A Dama de Ferro continuou a ser um modelo para outras gerações: aqui com a ex-primeira-ministra ucraniana, Yulia Tymoshenko, em 2007 ALEXANDER PROKOPENCO/POOL/REUTERS
Fotogaleria
Muitas atitudes suas, porém, suscitaram polémica, como o apoio ao ex-ditador chileno Augusto Pinochet, enquanto esteve em prisão domiciliária em Londres, em 1999 IAN JONES/REUTERS
Fotogaleria
Nenhum dos seus sucessores foi tão marcante como a Dama de Ferro: com John Major, junto de uma escultura em homenagem a Thatcher no Palácio de Westminster, em 2007 JOHNNY GREEN/AFP
Fotogaleria
Com Tony Blair, também em 2007 CARL DE SOUZA/AFP
Fotogaleria
Com Gordon Brown, em Downing Street, em 2009 CARL COURT/AFP
Fotogaleria
E com o actual primeiro-ministro, David Cameron, numa foto de 2010 LEON NEAL/AFP
Fotogaleria
Em 2002, à espera do discurso da Rainha Isabel II na abertura da Câmara dos Lordes RUSSELL BOYCE/REUTERS
Fotogaleria
E em 2010, numa ocasião semelhante, já com problemas de saúde ARTHUR EDWARDS/REUTERS/POOL
Fotogaleria
Thachter é tida como uma das pessoas mais influentes da política no século XX DAN CHUNG/REUTERS
Fotogaleria
Dentro de um tanque inglês em Herford, ex-República Federal Alemã, em 23 de Janeiro de 1976 AFP PHOTO / HEINRICH SANDEN
Fotogaleria
Antes de uma entrevista na BBC sobre a crise nas ilhas Falkland PA Photos/Abaca Press/MCT
Fotogaleria
Nas ilhas Falkland, região que motivou um guerra com a Argentina AFP
Fotogaleria
Em Paris, durante uma cimeira franco-britânica, em 1986 AFP PHOTO/FILES/GABRIEL DUVAL
Fotogaleria
Encontro com militares britânicos, durante uma visita de cinco dias às ilhas Falkland AFP PHOTO / SVEN NACKSTRAND
Fotogaleria
Discurso no Parlamento Europeu equanto o líder do Partido Unionista Democrático faz um protesto AFP PHOTO/FILES/JEAN-CLAUDE DELMAS
Fotogaleria
Com o Presidente francês François Mitterrand durante a assinatura do Tratado de Canterbury para a construção do túnel ferroviário do Canal da Mancha entre os dois países AFP PHOTO/DERRICK CEYRAC
Fotogaleria
Congresso do Partido Conservador, em 1988 REUTERS/Andy Clark
Fotogaleria
Com o príncipe Carlos na inauguração do Royal Hospital Chelsea, em 2009 REUTERS/Andrew Winning
Fotogaleria
Com rainha Isabel II, em 2000, na inauguração de uma nova sala da National Portrait Gallery AFP PHOTO/POOL/FILES/FIONA HANSON
Fotogaleria
Com o filho, Mark, e o marido, Denis Thatcher, em 1982 AFP
Fotogaleria
Num encontro de líderes dos países mais industrializados do mundo, em 1987 AFP PHOTO/Mike SARGENT
Fotogaleria
Encontro com estudantes ingleses em Hong Kong, em 1997 AFP/Peter PARKS
Fotogaleria
Numa sessão de angariação de fundos para a Lexington Medical Center Foundation, EUA, em 1992 Tim Dominick/The State/MCT
Fotogaleria
A "dama de ferro" exibe as marcas de tiros num material à prova de bala REUTERS/Michael Crabtree
Fotogaleria
Com o secretário de Estado norte-americano Henry Kissinger, pouco depois de assumir a liderança dos conservadores AFP
Fotogaleria
De uniforme militar, em 1979, South Armagh, Irlanda do Norte AFP
Fotogaleria
Com o ainda candidato a chanceler alemão Helmut Kohl AFP PHOTO / HEINRICH SANDEN
Fotogaleria
Thatcher enquanto ministra da Educação e Ciência, em 1970 AFP

Na política

Quando era deputada da oposição, em 1969:
"Nenhuma mulher do meu tempo será primeira-ministra ou ministra dos Negócios Estrangeiros – nenhum dos cargos principais. De qualquer forma, não quereria ser primeira-ministra. Temos de nos entregar a 100% ao trabalho.”

Em 1979, o ano em chegou à chefia do Governo:
"Qualquer mulher que saiba como é difícil gerir uma casa percebe como seria problemático arruinar o país.”
"Não sou um político de concensos. Sou um político de convicções."

Em 1980:
“Gosto de uma boa discussão. Gosto de um bom debate. Não estou à espera que os outros fiquem sentados e a concordar com tudo o que digo – não é para isso que estão lá.”
“Não me preocupa que os meus ministros falem de mais, desde que façam o que lhes mando.”
"Se o Bom Samaritano só tivesse boas intenções, ninguém se lembrava dele. Ele também tinha dinheiro.”

Outubro de 1980, Congresso do Partido Conservador:
“Para os que estão à espera da frase favorita dos media, 'reviravolta', só tenho uma coisa a dizer. Damos a volta se quisermos. E esta senhora não faz reviravoltas.”

Questionado sobre os motivos políticos dos atentados do IRA:
"Um crime, é um crime, é um crime.”

Sobre Mikhail Gorbachev, em Dezembro de 1984:
"Podemos trabalhar juntos.”

Sobre a greve dos mineiros, 1984/1985:
“Nas Falklands tivemos de ir combater o inimigo lá fora, mas temos de ter sempre atenção ao inimigo cá dentro, esse é mais difícil de combater.”

Em 1987:
“Essa coisa da sociedade não existe. Existem homens e mulheres e as suas famílias.”

21 de Novembro de 1990, véspera de se demitir:
"Eu luto. Eu luto para ganhar.”

27 de Novembro de 1990, no último Conselho de Ministros:
"É engraçado este mundo velho.”

A Europa
Cimeira Europeia de Dublin, 1980:
"Quero o meu dinheiro de volta!"

1988:
“Não derrubámos as fronteiras do Estado britânico para ver a Europa reerguê-las a um novo nível, o nível europeu, com um super-estado europeu exercendo o seu domínio a partir de Bruxelas.”

A vida “civil”
Sobre os colegas ministros que a aconselharam a demitir-se:
“Foi uma traição com sorriso na boca. Isso terá sido o pior.”

Maio de 1991:
“Casa é o lugar para onde vamos quando não temos nada melhor.”


O que se disse sobre ela
“Esta mulher é teimosa, obstinada e perigosamente opinativa.”
Avaliação do departamento de recursos humanos de uma empresa a que Thatcher se candidatou em 1948.

“Dama de ferro.”
Frase usada pelo jornalista militar soviético Iuri Gavrilov para descrever Thatcher no jornal Estrela Vermelha de 24 de Janeiro de 1976.

“Homem forte do Reino Unido.”
Ronald Reagan, Presidente dos Estados Unidos da América.

“Tem olhos de Calígula e boca de Marilyn Monroe."
François Mitterrand, Presidente francês.

"Foi sempre uma mulher atraente. Não tinha apenas uma beleza de filme, sabia comportar-se como uma estrela de cinema quando lhe apetecia.”
Bernard Ingham, assessor de imprensa de Thatcher em Downing Street.