Aplicação de mensagens WhatsApp com pagamentos anuais também em iPhone

Utilizadores que já pagaram para descarregar poderão continuar a usar o serviço gratuitamente.

O iPhone era a excepção no modelo do WhatsApp
Foto
O iPhone era a excepção no modelo do WhatsApp Carlos Barria/Reuters

A popular aplicação WhatsApp, que permite a troca de mensagens sem pagar, vai adoptar no iPhone o mesmo modelo que já usa nas outras plataformas: em vez de comprar a aplicação na loja e poder enviar mensagens gratuitas a partir daí, a aplicação será grátis, mas os utilizadores terão de pagar anualmente.

Este é o modelo que a empresa já usa no caso do Windows Phone, Android, BlackBerry e Symbian. O primeiro ano é gratuito  (o que ajuda a fidelizar o utilizador) e, depois disso, é preciso fazer um pagamento anual de 99 cêntimos para continuar a usar o serviço. 

De acordo com declarações do director executivo da empresa, Jan Koum, a um site holandês, este modelo será aplicado apenas aos novos clientes e quem já descarregou a aplicação (que custa actualmente 89 cêntimos) não será afectado. Ainda segundo Koum, não há uma data definida para a mudança de modelo.

O What’sApp é uma das muitas aplicações que surgiram nos últimos anos e que permitem comunicações gratuitas ou a preço reduzido através da Internet. Recentemente, alguns operadores aliaram-se para lançar uma aplicação deste género, numa altura em que o negócio dos SMS e das chamadas já não é tão apelativo e as empresas da área apostam na venda de serviços de dados.