PÚBLICO bate mais um recorde na liderança online

Novo recorde de pageviews deixa concorrência para trás. Liderança em visitas mantém-se.

PÚBLICO lançou o actual site a 21 de Novembro
Foto
PÚBLICO lançou o actual site a 22 de Novembro DR

O PÚBLICO ultrapassou pela primeira vez o Correio da Manhã em número de pageviews, segundo o Netscope. Em Fevereiro, o PÚBLICO registou 52,8 milhões de páginas vistas, um novo recorde.

O PÚBLICO está agora à frente no ranking tanto em visitas – que lidera há anos – como em pageviews entre jornais, rádios e televisões generalistas medidos pelo Netscope. De acordo com os dados do sistema da Marktest para a medição de audiências na Internet, o PÚBLICO teve em Fevereiro mais de 10,8 milhões de visitas, à frente de Jornal de Notícias (9,2 milhões), Correio da Manhã (8 milhões) e Expresso (7,3 milhões).

Os sites de informação generalistas ficam atrás, no entanto, dos desportivos A Bola e Record. O primeiro registou, em Fevereiro, 31,6 milhões de visitas e 223,4 milhões de pageviews. O segundo ficou-se pelos 21,6 milhões de visitas e 171,2 milhões de páginas vistas. Os sites mais visitados em Portugal são o Sapo, A Bola, o Record, OLX e em seguida o PÚBLICO.

Multimédia e redes sociais
Fevereiro foi o mês que antecedeu o 23.º aniversário do PÚBLICO (5 de Março). A renúncia do Papa Bento XVI e a queda de um meteorito na Rússia foram os dois acontecimentos mais relevantes, em termos de visitas, nesse mês. Já em Março, o PÚBLICO lançou uma nova série de vídeos, com novos talentos da cultura contemporânea, em parceria com o Canal 180. Esta colaboração junta-se à que o PÚBLICO já tinha com a TVI, que possibilita a publicação dos vídeos da estação de Queluz no site do jornal.

A crescente importância dada à secção de Multimédia é uma das características do novo site do PÚBLICO, lançado a 22 de Novembro. Outra é a construção de uma comunidade que, baseada num sistema de reputação que premeia a boa participação dos leitores registados, está cada vez mais a moderar os comentários de outros leitores. O registo é gratuito. O novo site permite ainda assinar o jornal por um dia por sessenta cêntimos.

No Facebook, a Fugas atingiu os 100 mil seguidores na semana passada, uma importante marca naquela rede social. Para comemorar, o suplemento de viagens do PÚBLICO lançou um passatempo para oferecer uma garrafa de vinho tinto Diálogo, de 2010, e uma entrada para duas pessoas no Adegga Summer Wine Market.

O PÚBLICO mantém-se ainda, no Facebook, como o órgão de informação com mais seguidores na sua página principal – mais de 339 mil. Na mesma rede social, pode seguir também o Ípsilon, o Life&Style, o P3, o Ecosfera, o Cinecartaz, o Guia do Lazer e o Inimigo Público.