San Lorenzo, fundado por um padre, tem agora como sócio um Papa

Francisco é adepto de futebol e apoia o clube de San Lorenzo, fundado em 1908, por um padre.

Fotogaleria
Foto de arquivo mostra o cardeal Bergoglio com a camisola do San Lorenzo AFP
Fotogaleria
Cópia do cartão de sócio do agora Papa Francisco AFP

No dia 12 de Março de 2008, Jorge Mario Bergoglio filiou-se como sócio do San Lorenzo. Cinco anos e um dia depois, Bergoglio foi eleito Papa. Através da rede social Twitter, o clube de Buenos Aires mostrou-se orgulhoso por o sócio 88.235 ter sido eleito como o primeiro argentino a dirigir a Igreja Católica: “É um orgulho para a instituição saber que o primeiro Papa sul-americano é sócio do San Lorenzo.”

Fundado em 1908 pelo padre Lorenzo Massa, o Club Atlético San Lorenzo de Almagro conta no seu historial com um confronto com o Sporting, em 1947, em Lisboa, que os argentinos venceram por 10-4. Mas as ligações do clube do Papa Francisco a Portugal não se ficam por aqui.

Actualmente, no plantel da equipa do bairro de Almagro jogam Franco Jara, emprestado pelo Benfica, Leandro Romagnoli, que representou o Sporting e Luis Aguiar que em Portugal vestiu as camisolas de FC Porto, Académica, Estrela da Amadora, Sp.Braga e Sporting. Pizzi, que teve uma passagem fugaz pelo FC Porto, é o treinador.

No currículo do San Lorenzo, destacam-se as 11 participações na Taça dos Libertadores da América, em que a equipa de Buenos Aires chegou por três vezes às meias-finais. A nível interno, o clube do Papa Francisco venceu por três ocasiões o Torneio Clausura, a principal prova de clubes argentina: 1995, 2001 e 2007.

Formado em engenharia química, Jorge Mario Bergoglio, agora Papa Francisco, nasceu em Buenos Aires, em 1936. É filho de italiano, um ferroviário oriundo da região de Turim, e de mãe dona de casa. Foi eleito quarta-feira como 266.º Papa, sendo o primeiro latino-americano e jesuíta a liderar a hierarquia da Igreja Católica.