O TOP Files tem como objectivo mudar os hábitos de estudo
Foto
O TOP Files tem como objectivo mudar os hábitos de estudo

Aplicação portuguesa ultrapassou o meio milhão de "downloads"

Aplicação de "startup" do Porto atingiu o primeiro lugar em 40 países, no dia em que foi disponbilizada, gratuitamente

A aplicação TOP Files, desenvolvida pela TOP Reaserch, uma "startup" portuguesa, ultrapassou o meio milhão de "downloads" na App Store e atingiu o primeiro lugar em 40 países, no dia em que foi disponbilizada, gratuitamente, a 19 de Fevereiro. 

A TOP Files tem como objectivo organizar e gerir ficheiros em dispositivos móveis sincronizados com o computador, aquilo a que se chama “could computing”. A aplicação permite abrir, copiar, partilhar e imprimir qualquer documento entre iPhone, "iPad" e computadores, bem como criar arquivos de páginas, tomar notas e arquivar as fontes e referências bibliográficas.

 

PÚBLICO -
Foto
A TOP Research foi fundada em 2012 por Nelson Pereira e Miguel Jesus

De acordo com Nelson Pereira, CEO da empresa, a ideia “surgiu na universidade, enquanto aluno de doutoramento". "Nessa altura", relembra, "tinha necessidade de deixar o computador em casa quando ia para as aulas e utilizava apenas o "tablet" como ferramenta de trabalho”. Uma vez que o "tablet" tinha vários problemas de compatibilidade, “não existia nenhuma aplicação que funcionasse de forma integrada, o que tornava muito complicado trabalhar e produzir textos académicos e científicos”, acrescenta ainda Nelson Pereira.

Segundo disse o próprio ao P3, “a boa adesão dos consumidores à aplicação torna o futuro bastante promissor”. Além de estar em permanente contacto com o mercado, “também estamos a receber críticas tanto que nos ajudam a construir um produto ainda melhor”, realça Nelson Pereira. 

A TOP Files custa 3,49 euros é o primeiro lançamento da TOP Suit, um conjunto de três aplicações - TOP Files, TOP Writer e TOP Presenter. A segunda aplicação, TOP Writer, será lançada em Junho deste ano. Esta empresa encontra-se incubada no Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto (UPTEC).