Bordéus, adversário do Benfica na Liga Europa, perde com o Lille na Liga francesa

Um golo do checo Jaroslav Plasil colocou os “girondinos” em vantagem, mas acabou por ser insuficiente para garantir a vitória.

O checo Jaroslav Plasil colocou o Bordéus em vantagem, mas foi insuficiente para a vitória
Foto
O checo Jaroslav Plasil colocou o Bordéus em vantagem, mas foi insuficiente para a vitória Philippe Huguen/AFP

O Bordéus, adversário do Benfica na Liga Europa, perdeu este domingo em casa do Lille, por 2-1, no encerramento da 27.ª jornada da Liga francesa de futebol, liderada pelo Paris Saint-Germain.

Os girondinos chegaram à vantagem pelo checo Jaroslav Plasil (0-1), aos 31 minutos, na transformação de uma grande penalidade, mas o Lille deu a volta com golos de Sylvio Rodelin (1-1) e Salomon Kalou (2-1), aos 59 e 72 minutos, respectivamente.

O Lille segue no sétimo posto da Liga gaulesa, com 43 pontos – a 11 do Paris Saint-Germain -, com menos um do que campeão Montpellier (sexto), enquanto o Bordéus é 10.º, com 38.

O Lyon empatou 1-1 no recinto do Brest e falhou a colagem na liderança da Liga francesa de futebol ao Paris Saint-Germain, que perdeu este sábado frente ao modesto Reims por 1-0.

O marroquino Kamel Chafni, aos oito minutos, colocou o Brest em vantagem (1-0), mas o Lyon acabaria por empatar com um autogolo de Tripy Makonda (1-1), aos 53'.

Com o ponto conquistado, o Lyon segue na segunda posição da tabela classificativa do campeonato gaulês, com menos dois pontos do que o líder Paris Saint-Germain.

O Marselha não escapou a um valente susto na receção ao “lanterna vermelha” Troyes, que esteve a vencer no Estádio Vélodrome, com um golo do brasileiro Marcos (0-1), aos 71 minutos.

A hipótese de “escândalo” pairou durante 10 minutos, já que o Marselha, com dois golos em dois minutos, pelo camaronês Nicolas N’Koulou (1-1), aos 81, e André-Pierre Gignac (2-1), aos 82, deu a volta ao resultado.

Para a “remontada” do Marselha muito contribuiu o senegalês Sougou, que entrou aos 72 minutos para o lugar do inglês Joey Barton e esteve nas jogadas que deram origem aos golos.

Com este triunfo suado sobre o Troyes, o Marselha recuperou o terceiro lugar que tinha perdido sábado para o Saint-Ètienne, e reduziu para três pontos a diferença para o Lyon e cinco para o PSG.