Venda de smartphones e tablets em Portugal vai ultrapassar 500 milhões de euros

Previsões da analista IDC apontam também uma queda no gasto em tecnologias de informação, o que levará as empresas do sector a procurarem a internacionalização

As tecnologias de consumo estão a invadir as empresas, diz a IDC
Foto
As tecnologias de consumo estão a invadir as empresas, diz a IDC Kacper Pempel/Reuters

Segundo estimativas da analista IDC para o mercado português, a venda de smartphones e tablets vai ao longo deste ano ultrapassar os 500 milhões de euros.

As previsões, divulgadas nesta terça-feira, referem ainda que “as tecnologias de consumo estão a invadir as empresas nacionais” e que, este ano, “mais de 50% dos executivos das médias e grandes organizações em Portugal vão utilizar um tablet para acesso à informação corporativa”.

A consultora apontou também uma queda no gasto em tecnologias de informação. “Confrontadas com um ambiente económico desfavorável, as organizações e consumidores nacionais têm vindo a reduzir a despesa com tecnologias de informação e as mais recentes previsões da IDC Portugal apontam para uma quebra de 1,6% este ano” – a descida será de 2,3% no hardware, de 2,9% no software e de 0,1% nos serviços.

Neste cenário, as empresas portuguesas do sector têm tentado entrar noutros mercados, “nomeadamente nos países de expressão portuguesa”. Este “movimento de expansão”, diz a IDC, deverá continuar para mercados na Ásia, Médio Oriente e Europa de Leste.