Gareth Bale coloca Villas-Boas no terceiro lugar

O Tottenham foi ao terreno do West Ham vencer por 3-2, com dois golos do galês.

Bale, aqui num jogo da Liga Europa, voltou a ser decisivo
Foto
Bale, aqui num jogo da Liga Europa, voltou a ser decisivo Philippe Merle/AFP

Foi mais um resultado obtido nos derradeiros instantes da partida. O Tottenham de André Villas-Boas perdia com o West Ham aos 76’, altura em que teve início a reviravolta no marcador: Sigurdsson e Bale (que já tinha marcado na primeira parte) garantiram o triunfo para os spurs, que assim sobem ao terceiro posto na Premier League.

A equipa de Villas-Boas tira o melhor partido da derrota do Chelsea com o Manchester City (0-2), ultrapassando os blues. O Tottenham soma agora 51 pontos, mais dois que o Chelsea.

A vitória desta segunda-feira sobre o West Ham foi tudo menos simples. Mesmo que o Tottenham se tenha adiantado no marcador aos 13’, com um golo do incontornável Gareth Bale. Mas a resposta dos hammers surgiu ainda antes do intervalo, quando Andy Carroll converteu a grande penalidade que ele próprio tinha sofrido.

As tentativas do Tottenham de regressar à vantagem esbarraram numa grande exibição do guarda-redes Jaaskelainen: brilhou aos 44’, aos 57’ e aos 69’. E acabou por ser o West Ham a marcar, por Joe Cole, aos 58’: o internacional inglês desmarcou-se bem, recebeu a bola, virou-se para a baliza e disparou para o 2-1.

Mas, aos 76’, a resistência de Jaaskelainen foi quebrada pelo ataque do Tottenham. Após uma grande confusão na área do West Ham, surgiu Sigurdsson a empurrar para a baliza, restabelecendo o empate.

O guarda-redes finlandês do West Ham ainda voltou a brilhar aos 80’, defendendo um cabeceamento de Adebayor, mas seria batido novamente por Gareth Bale, no último minuto do tempo regulamentar. O galês pegou na bola e disparou de longe, bem colocado, para o 3-2.

Este foi o 11.º encontro consecutivo sem derrotas para o Tottenham na Premier League. A equipa de André Villas-Boas subiu ao terceiro posto da classificação, com 51 pontos.