Mourinho poupou, mas o Real só ganhou com Ronaldo em campo

"Merengues" estiveram a perder no Riazor com o Deportivo da Corunha, mas conseguiram dar a volta com golos de Kaká e Higuaín.

Imagem pouco habitual: Cristiano Ronaldo no banco do Real Madrid
Foto
Imagem pouco habitual: Cristiano Ronaldo no banco do Real Madrid Miguel Vidal/Reuters

A pensar na semana infernal que o Real Madrid vai ter, com dois jogos frente ao Barcelona e um diante do Manchester United em oito dias, José Mourinho deixou alguns dos seus habituais titulares no banco, mas o Real Madrid conseguiu vencer o Deportivo da Corunha no Riazor por 2-1, em jogo da 25.ª jornada da Liga espanhola.

Mourinho deixou de fora do “onze” jogadores como Cristiano Ronaldo, Khedira e Özil e viu o Deportivo, com três portugueses de início (Sílvio, Pizzi e Gama) adiantar-se no marcador, com um excelente remate de Riki, aos 35’.

O treinador português esperou até aos 56’ para mexer na equipa, fazendo entrar, de uma só vez, Ronaldo, Khedira e Özil e o Real conseguiu dar a volta. Primeiro foi Kaká a marcar o golo do empate, aos 73’, e Higuaín deu o triunfo ao Real aos 88’, após passe de Ronaldo, que continua sem conseguir marcar no Riazor.