Taxistas frequentam curso para acolherem melhor os turistas do Douro

Profissionais vão adquirir conhecimentos sobre a língua inglesa, os vinhos da região, festividades religiosas e segurança, entre outras matérias.

Curso de 50 horas arrancou com 15 motoristas da região
Foto
Curso de 50 horas arrancou com 15 motoristas da região Paulo Pimenta

Quinze taxistas do Douro iniciaram nesta quinta-feira, em Lamego, um curso inserido no projecto Welcome by Taxi to Douro e que visa melhorar a hospitalidade e a qualidade de atendimento dos motoristas aos turistas que visitam este território.

Depois do Porto, Lisboa e Algarve, é a vez de a Escola de Hotelaria e Turismo do Douro (EHTDouro), instalada em Lamego, avançar com o projecto que quer melhorar a hospitalidade por parte dos taxistas, que muitas vezes são os primeiros anfitriões que os visitantes encontram no Douro. Paulo Vaz, director desta escola, afirmou à Lusa que o curso, gratuito e de 50 horas, arrancou nesta quinta-feira com 15 motoristas de Lamego, Vila Real, Armamar, Mesão Frio ou Régua.

O curso está dividido em vários módulos de aprendizagem, desde a língua inglesa dirigida às necessidades dos profissionais de táxi no seu relacionamento com estrangeiros à formação em áreas relacionadas com hospitalidade, como a imagem, comportamento e cortesia no atendimento. Depois, e porque se está no Douro, os motoristas vão também ter formação sobre os vinhos produzidos na região demarcada, a qual será ministrada pelo Instituto dos Vinhos do Douro e Porto (IVDP).

Paulo Vaz salientou ainda o módulo sobre turismo religioso, que será dado por técnicos do Museu de Lamego.
Em Lamego está localizada a Senhora dos Remédios, onde decorre uma das principais festas religiosas do país que atrai muitas pessoas a este concelho.

Outra das áreas da formação está relacionada com a segurança, com a PSP a dar noções de como adaptar a condução ao tipo de clientes ou a como agir em caso de perda de documentos por parte dos turistas.

Pretende-se ainda preparar os profissionais de táxi na identificação dos principais pontos de atracção turística das cidades e região onde desenvolvem a sua actividade, de modo a capacitá-los para o aconselhamento de espaços de animação diurna e nocturna, restaurantes, bairros típicos, cafés, museus, esplanadas ou jardins.

Com este curso, os taxistas terão acesso ao selo de qualidade Welcome By Táxi, criado pela Autoridade Turística Nacional. Para Paulo Vaz, este selo será uma”vantagem competitiva” para os formandos. Por outro lado, a frequência desta formação é ainda reconhecida para efeitos de renovação do Certificado de Aptidão Profissional (CAP) de motorista de táxi pelo Instituto de Mobilidade e dos Transportes Terrestres (IMTT).

Este projecto do Turismo de Portugal e da EHTDouro tem o apoio da Turismo do Douro, do Museu de Lamego, das autarquias de Lamego e do Peso da Régua, do IVDP e da PSP de Lamego.