Couceiro promete “candidatura de ruptura”

O ex-treinador do Sporting vai a votos. Paiva dos Santos abdica a favor de Couceiro.

Couceiro concorre à cadeira do poder
Foto
Couceiro concorre à cadeira do poder Miguel Manso

“Vou avançar. Será uma candidatura de ruptura, não com o passado grandioso do clube mas sim em relação à gestão financeira e desportiva que marcou os últimos anos. Prometemos falar verdade aos sportinguistas”, disse José Couceiro, citado pelo diário desportivo Record na edição desta quarta-feira.

Depois de ter ocupado as posições de director desportivo e treinador no emblema de Alvalade, Couceiro concorre à presidência do clube, com o lema “Todos pelo Sporting”.

A candidatura de José Couceiro conta com o apoio do empresário João Pedro Paiva dos Santos, que se tinha assumido como pré-candidato mas agora deverá abdicar a favor do ex-técnico. “Não faz sentido estarmos a avançar em paralelo. Se ele avançar, estou na disposição de o ajudar em tudo o que ele quiser e puder. Apoiarei José Couceiro sem margem para dúvidas”, afirmou Paiva dos Santos, em entrevista à Rádio Renascença.

A direcção a ser apresentada pela lista de José Couceiro deverá ter apenas cinco elementos. A candidatura, que já recolheu as assinaturas necessárias para avançar, será formalizada nas próximas horas. O prazo de entrega de listas para concorrer às eleições do Sporting, marcadas para 23 de Março, termina na quinta-feira.