Danone garante que produção em Portugal não será afectada por cortes

Empresa vai reduzir 10% dos seus quadros na Europa, ou seja, reduzirá 900 postos de trabalho

O caso ocorreu no passado dia 6 de Dezembro no Barreiro
Foto
O caso ocorreu no passado dia 6 de Dezembro no Barreiro Adriano Miranda

A produção da fábrica da Danone em Portugal não vai ser afectada pela reestruturação que o grupo agro-alimentar vai fazer na Europa, garantiu à Lusa fonte da empresa em Portugal

A multinacional Danone anunciou nesta terça-feira a sua intenção de cortar “cerca de 900 postos de gestão e administrativos”, que correspondem a 10% dos seus quadros na Europa, mas “a fábrica de Castelo Branco [onde se situa a Danone em Portugal] não está envolvida”, afirmou a mesma fonte.

O processo vai afectar as áreas administrativas do grupo e não a parte produtiva, explicou a fonte portuguesa, remetendo para mais tarde informações sobre o impacto em Portugal da redução planeada.

O objectivo do grupo é economizar 200 milhões de euros em dois anos e fazer face à queda do consumo na Europa.

A ideia, adiantou a mesma fonte em Portugal, "não é dispensar pessoas, mas extinguir postos de trabalho, dando prioridade à mobilidade interna e a saídas voluntárias".