Serviço de música Spotify chega a Portugal

Permite ouvir música em streaming, através de um pagamento mensal, ou numa modalidade gratuita, mas que inclui anúncios publicitários.

A plataforma já estava disponível em vários mercados europeus
Foto
A plataforma já estava disponível em vários mercados europeus D.R.

Esta terça-feira, o popular serviço de música Spotify passará a estar disponível para utilizadores em Portugal.

O serviço permite ouvir música em streaming, através de um pagamento mensal, ou numa modalidade gratuita, que inclui anúncios publicitários. As assinaturas podem ser de 3,49 euros mensais, para ouvir apenas em streaming, ou de 6,99 euros por mês, para quem também queira descarregar os ficheiros.

A empresa, que tem sede no Reino Unido, nasceu na Suécia e estava já presente em muitos países europeus, bem como nos EUA, Austrália e Nova Zelândia. As operações em Portugal são geridas a partir da subsidiária espanhola e já tinha sido noticiado que o serviço estaria disponível a partir deste mês.

A plataforma, que funciona em vários equipamentos, incluindo smartphones, tem música das gigantes Sony, Warner, Universal e EMI, bem como de outras editoras mais pequenas.

No final do ano passado, a empresa revelou ter 20 milhões de utilizadores registados. Destes, cinco milhões eram pagantes (um milhão dos quais eram dos EUA). O Spotify, porém, ainda está longe de ser lucrativo e tem conseguido milhões em investimento de grandes empresas, como a Coca-Cola e a Goldman Sachs.

Em Portugal, os utilizadores já podiam aceder a serviços rivais como o Deezer e o Rdio – mas estes têm apenas modalidades de acesso pago, tal como acontece com o português Music Box, da PT, que na semana passada baixou o preço da assinatura mensal para quem não é cliente do grupo de 9,99 para 6,99 euros.