Paiva dos Santos avança e já discutiu projecto para o Sporting com a banca

Foto
João Pedro Paiva dos Santos é o terceiro rosto na corrida à presidência do Sporting DR

Empresário apresenta candidatura à presidência na quarta-feira, mas há dois meses e meio que trabalha na sua ideia para o clube.

A apresentação está marcada para a próxima quarta-feira, mas a candidatura de João Pedro Paiva dos Santos à presidência do Sporting já está a ser preparada há dois meses e meio. Com a designação "O Novo Sporting", o empresário vai liderar uma lista que pretende ser "congregadora", aberta a diferentes sensibilidades do meio "leonino". Os contactos com a banca já decorrem há algum tempo e o projecto financeiro está delineado, assim como o desportivo. Adiantadas estão igualmente as conversações com investidores espanhóis e brasileiros para viabilizar as duas componentes do seu plano.

"Esta candidatura pretende agregar todos os sportinguistas responsáveis que queiram agora lutar por uma nova fase, completamente diferente das anteriores, e por um projecto que se pretende estruturante", confirmou ao PÚBLICO Francisco Roquette Gautier, porta-voz da candidatura de Paiva dos Santos.

Tudo tem sido preparado no maior secretismo, desde que começou a ganhar forma o cenário de eleições antecipadas em Alvalade. Desde então, o empresário do ramo farmacêutico começou a maturar um projecto para o clube, ao mesmo tempo que recolhia as informações necessárias para a sua exequibilidade, junto de quem melhor conhece a realidade "leonina". "O dr. Paiva dos Santos tem [no âmbito da sua actividade profissional] contactos regulares com a banca. O que tem acontecido é que tem aproveitado essa via para discutir o projecto financeiro que pretende implementar no Sporting. Este já está delineado, tanto na sua versão financeira como desportiva", garantiu Francisco Gautier, que adiantou estarem a decorrer negociações com potenciais investidores espanhóis e brasileiros.

"No próximo domingo [amanhã], o dr. Paiva dos Santos não estará presente em Alvalade [no jogo Sporting-Marítimo, da 18.ª jornada da Liga] precisamente por ter de se deslocar ao estrangeiro para falar com um destes potenciais parceiros", adiantou.

A ideia foi construir "um plano minimamente inteligente, prudente e pertinente", "que já está completamente estruturado nestas duas componentes, ao contrário do que acontece com outros candidatos", referiu o porta-voz de Paiva dos Santos, remetendo para a próxima semana mais pormenores sobre o projecto e os nomes que irão compor a candidatura para os corpos sociais do clube.

Esta semana decorreram alguns contactos para que Pedro Baltazar, empresário que se candidatou à presidência "leonina" há dois anos, viesse a integrar a lista, que ainda não está fechada e pode incluir elementos que estiveram ligados a anteriores direcções. "Não só estamos abertos a receber esses elementos como temos interesse em criar ligações com todas as pessoas que tenham uma receptividade responsável em relação ao nosso projecto. Esta será uma candidatura de congregação", reforçou Francisco Gautier.

O site, com a página oficial da candidatura, estava previsto abrir ainda ontem e a sede provisória foi instalada no Saldanha, em Lisboa. Estão a decorrer negociações para que a mesma venha a ser transferida para as imediações do Estádio José Alvalade.

Depois de Carlos Severino, antigo director de comunicação das direcções de José Roquette e Dias da Cunha, e do empresário Bruno de Carvalho, esta é a terceira candidatura a surgir para as eleições no Sporting, de dia 23 de Março, desencadeadas pela demissão da anterior direcção, presidida por Godinho Lopes. As listas definitivas terão de ser oficializadas até ao próximo dia 21.