Torne-se perito

UEFA coopera com Europol e tomará as medidas adequadas

Posição do organismo que gere o futebol europeu depois de a Europol ter desmantelado rede de viciação de jogos.

Foto
Acabaram-se as exclusões das finais europeias por acumulação de amarelos

A UEFA tem conhecimento da investigação da Europol sobre manipulação de jogos de futebol e tomará as medidas adequadas, assim que tiver todos os dados na sua posse.

Esta é a posição do organismo que gere o futebol europeu, depois de a Europol ter desmantelado uma rede de viciação de jogos, que terá manipulado mais de 380 encontros na Europa.

“A UEFA espera receber mais informação nos próximos dias”, diz uma nota do organismo que gere o futebol europeu, enviada ao PÚBLICO.

“Na luta contra a manipulação de jogos, a UEFA já está a cooperar com as autoridades neste assunto sério, no âmbito da sua política de tolerância zero face aos jogos combinados neste desporto”, acrescenta a mesma nota.

“Quando todos os pormenores da investigação estiverem nas mãos da UEFA, serão enviados para os órgãos disciplinares, de modo a que sejam tomadas as medidas necessárias”, acrescenta o comunicado.

A rede desmantelada pela Europol terá manipulado 680 jogos, 380 dos quais na Europa. A maior parte dos jogos viciados realizou-se nos campeonatos turco, alemão e suíço, disseram os responsáveis da polícia europeia, citados pela AFP.

Na conferência de imprensa realizada em Haia não foi feita qualquer referência a Portugal. O PÚBLICO tentou ouvir a Federação Portuguesa de Futebol e a Liga Portuguesa de Futebol Profissional para perceber se há jogos de equipas portuguesas sob suspeita, mas ainda não recebeu resposta.
 
 
 

Sugerir correcção