Euan/Flickr
Foto
Euan/Flickr

MBA da Nova e da Católica entre os cem melhores do mundo

Este é o único MBA em Portugal entre os cem melhores, numa lista liderada pela Harvard Business School (Estados Unidos), que ocupava o segundo lugar no ano passado

O programa internacional “Lisbon MBA”, uma parceria da Universidade Nova de Lisboa com a Católica, surge como o 61.º melhor do mundo e 15.º na Europa, numa lista elaborada pelo jornal "Financial Times", publicada esta segunda-feita.

Este é o único MBA em Portugal entre os cem melhores, numa lista liderada pela Harvard Business School (Estados Unidos), que ocupava o segundo lugar no ano passado e o terceiro em 2011 neste “ranking”.

Para a elaboração das tabelas de classificação, o jornal usa critérios que incluem o salário auferido pelos alunos três anos após o curso. O diário com sede no Reino Unido recorre a questionários “on-line”, dirigidos às escolas e a antigos alunos.

A parceria entre a Nova School of Business and Economics e a Católica-Lisbon SBE compreende um MBA “part-time” com a duração de dois anos e um MBA internacional “full-time”, associado ao MIT Sloan School of Managment.

Segundo as universidades portuguesas que promovem este programa, 73 por cento dos alunos que se graduaram em 2011 estavam empregados ao fim de seis meses.

“O ordenado base pós-MBA foi, em média, de 62.200 euros [por ano]”, acrescentam em comunicado conjunto, em que sublinham tratar-se do sétimo lugar a nível europeu e 27.º mundial no que diz respeito à compensação salarial. As instituições consideram o resultado positivo, tanto mais por ser a primeira vez que o MBA entra neste “ranking”.

O director da Nova-SBE, José Ferreira, atribui o resultado do programa a um “grande esforço dos funcionários, docentes e alunos”. Pela parte da Católica, o director da SBE, Francisco Veloso, sublinha ser a prova de que o ensino de excelência já se ministra em Portugal.