Três portugueses integram a lista das 75 ajudas e oito bolsas atribuídas Adriano Miranda
Foto
Três portugueses integram a lista das 75 ajudas e oito bolsas atribuídas Adriano Miranda

Investigadores portugueses premiados em Espanha

Fundação espanhola MAPFRE atribui bolsas a projectos de investigação nas áreas de seguros, saúde, prevenção e meio ambiente

Trabalhos de três investigadores portugueses foram distinguidos com um prémio anual atribuído pela Fundação espanhola MAPFRE a candidaturas de diferentes nacionalidades, divulgou aquela instituição nesta quarta-feira.

Os três portugueses integram a lista das 75 ajudas e oito bolsas atribuídas, em 2012, pela fundação a projectos de investigação nas áreas de seguros, saúde, prevenção e meio ambiente.

Uma jovem investigadora da Escola Superior de Saúde de Bragança, Sónia Casado, foi uma das contempladas na lista das 75 “ajudas”, com um prémio de cinco mil euros, para um projecto na área da Sáude, de apoio domiciliário a pessoas com doença pulmonar obstrutiva crónica.

O projecto DPOC - Respire qualidade de vida está a ser desenvolvido em parceria com a Unidade Local de Saúde do Nordeste e visa implementar nesta região um programa de enfermagem de reabilitação no domicílio para apoio a doentes com esta patologia.

Outro português contemplado foi Bruno Marques, do Instituto Luso-Ilírio para o Desenvolvimento Humano, em Lisboa, que venceu uma das “ajudas” na área do Seguro, com o projecto “Projecto Sistemas de Informação Colaborativos na Distribuição dos Seguros - Desafios e Oportunidades de Inovação”.

O terceiro português premiado foi João Gomes, do Instituto de Ciência e Tecnologia de Polímeros, que ganhou uma das bolsas Ignacio Hernando de Larramendi de Formação e Investigação.

O projecto distinguido é da área da Prevenção e visa a “avaliação de emissões de nanopartículas resultantes de processos de soldadura por fusão em aços”.

A Fundação MAPFRE foi criada em 1975 e é a accionista maioritária da "holding" do grupo de seguradoras MAPFRE, líder do mercado espanhol de seguros.

De acordo com informação disponibilizada pela instituição, tem como missão “contribuir para a prossecução de actividades de interesse para a sociedade em geral e participa no pacto Mundial das Nações Unidas (Global Compact) e no Protocolo UNEP (United Nations Environment Programme)”.

A MAPFRE opera sobretudo em Espanha, Portugal e países da América Latina, e organiza a sua actividade em torno de cinco institutos independentes, com âmbitos distintos: Prevenção, Saúde e Meio Ambiente; Ação Social; Segurança Rodoviária; Ciências do Seguro e Cultura.