Luís Filipe Vieira: “Pensava que só os burros falavam de arbitragem”

O presidente do Benfica disse que o árbitro João Ferreira esteve bem no “clássico” que terminou empatado 2-2.

Luís Filipe Vieira tem razões para sorrir
Foto
Filipe Vieira foi corrosivo com as queixas de Pinto da Costa à arbitragem Nuno Ferreira Santos

Do lado do FC Porto, críticas à arbitragem – pela voz do treinador Vítor Pereira e do presidente Pinto da Costa. Pelo Benfica, elogios à prestação de João Ferreira.

Depois de Jorge Jesus, também o presidente Luís Filipe Vieira considerou que o árbitro de Setúbal não teve influência no desfecho do “clássico”.

"João Ferreira fez uma grande arbitragem, deixou jogar as duas equipas. É verdade que há alguns lances que as pessoas podem falar. Lembro-me de uma entrada do Fernando sobre o Gaitán", referiu Filipe Vieira.

Questionado sobre as críticas portistas sobre a arbitragem atirou: “Ainda há pouco tempo ouvi o senhor Pinto da Costa dizer que só os burros é que falavam de arbitragem”, atirou Vieira, na zona mista. O dirigente “encarnado” retirou-se logo de seguida.