Carta a minha mãe sobre o Serviço Nacional de Saúde e outras coisas em Portugal

Foto

“E as crianças, Mãe? Vão de novo morrer antes do tempo porque o parto foi solitário ou mal assistido, porque a saúde materno-infantil passou a ser de novo um bem reservado a alguns privilegiados”, escreve a Tereza Pizarro Beleza, a nona de 13 pensadores a reflectir nas páginas do PÚBLICO sobre valores humanos.

Sobre o impacto da austeridade, defende que “a pobreza e a vadiagem não se eliminam com Mitras e medidas de segurança, mas com produção e distribuição de riqueza e justiça social. Com a promoção da igualdade e da solidariedade, como manda a Constituição”.

Tereza Pizarro Beleza faz parte de um grupo de 13 pensadores, a quem o PÚBLICO desafiou a  antever o ano que ora começa.

Esta reflexão faz parte uma série. A pergunta feita a 13 pensadores: Que será a sociedade portuguesa e europeia em 2013?

Os valores: bem, bondade, lealdade, altruísmo, honestidade, solidariedade, liberdade, verdade, justiça, felicidade, sagrado (Deus), sabedoria, coragem e dignidade.

Os pensadores: Adriano Moreira, Alfredo Bruto da Costa, Ana Luisa Amaral, António Pinho Vargas, Eduardo Lourenço, Gonçalo M. Tavares, Helena Marujo, Isabel Allegro de Magalhães, João Magueijo, Manuel Maria Carrilho, Miguel Real, Teresa Pizarro Beleza e Yvette Centeno. Os textos são publicados em 13 dias seguidos.

João Magueijo, cientista, escreve amanhã.

Leia mais no PÚBLICO desta quarta-feira e na edição online exclusiva para assinantes. (Esta série tem o apoio de Millenium bcp)