Produção industrial agrava queda em Novembro

Índice de produção industrial perdeu o fôlego da recuperação de Outubro e agravou a queda em relação a 2011.

Eurostat afirma que Portugal teve a maior subida europeia na produção industrial em Outubro
Foto
Eurostat afirma que Portugal teve a maior subida europeia na produção industrial em Outubro Enric Vives-Rubio/PÚBLICO

A produção industrial caiu 4,3% em Novembro em comparação com 2011, de acordo com os resultados publicados nesta quarta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

A queda mostra um agravamento na tendência negativa do sector quando comparada com 2011, sendo que em Outubro a produção industrial teve uma queda homóloga de 3,6%.

Para a queda de Novembro contribuíram principalmente as reduções homólogas de 6,1% no balanço dos bens intermédios e de 16,2% no sector dos bens de investimento, onde se encontram as despesas com nova maquinaria, por exemplo.

No registo de variação mensal, o índice da produção industrial caiu 3,3% em Novembro, vindo de uma subida de 5,5% em Outubro, mês que marcou a recuperação face a um Setembro negativo no sector (9,4% de queda anual e 12% de quebra mensal).

Outubro foi também o mês em que, para o Eurostat, Portugal registou o maior crescimento mensal na produção industrial na Europa. Segundo as contas do gabinete de estatísticas da Comissão Europeia, o índice de produção industrial cresceu 4,8% em Outubro, menos do que os 5,5% medidos pelo INE para o mesmo mês.