get down/ Flickr
Foto
get down/ Flickr

Ryanair recruta assistentes de bordo em Lisboa e no Porto

Empresa de aviação "low cost" promove dois Open Days em Janeiro. Salário de um tripulante júnior varia entre os 1200 e os 1500 euros

A Ryanair vai regressar a Portugal no início de 2013 para recrutar assistentes e comissários de bordo para a sua frota.

Os interessados devem preencher desde já o formulário de candidatura e enviá-lo para a Groundlink, uma das empresas que contrata portugueses para a companhia de aviação "low cost". Os pré-seleccionados são contactados para participarem num dos dois Open Days que se realizam em Janeiro: dia 7 no Porto e dia 11 em Lisboa.

No Open Day os candidatos podem saber o essencial sobre a Ryanair, desde a dimensão e perspectivas de crescimento da empresa passando pelos salários, regalias e deveres que os trabalhadores da companhia de aviação têm.

O processo de recrutamento conta ainda com um teste escrito de avaliação de inglês. Os candidatos aprovados passam à fase seguinte, de entrevista pessoal, onde é avaliado o nível oral de inglês, comportamento social e motivação para o trabalho.

Além do domínio da língua, os candidatos têm de ter pelo menos o 12º ano, ter mais de 18 anos, ter entre 1,57 e 1,88 metros de altura (e peso proporcional à altura), saber nadar e não ter tatuagens visíveis. É igualmente obrigatório possuir passaporte Europeu com validade de, pelo menos, um ano e ter permissão para trabalhar em qualquer país da União Europeia.

Duas semanas depois da entrevista pessoal, os candidatos são informados via email do resultado da mesma. Os aprovados recebem um contrato de formação, ao qual, se for concluído com sucesso, se junta depois um contrato de trabalho de três anos.

O curso de formação decorre em Hahn, na Alemanha, estando todas as despesas da viagem a cargo da Ryanair. Durante as seis semanas de formação, os candidatos são submetidos a vários exames. A inscrição tem o preço de 500 euros e o curso custa 1649 euros, valor que só é exigido se o formando completar o curso com sucesso, cuja taxa de sucesso é de 96%, informa a empresa.

O salário médio para um tripulante júnior varia entre as 1000 e 1200 libras (cerca de 1262 - 1514 euros), aos quais acresce mensalmente uma percentagem das vendas a bordo.